junho 22, 2018

970×90

Bombeiros e Graer atuam no atendimento a vítimas de desabamento em Pituaçu

Bombeiros e Graer atuam no atendimento a vítimas de desabamento em Pituaçu

Sete pessoas estavam no prédio de três andares que desabou, em Pituaçu, durante as fortes chuvas que caíram na capital, na madrugada desta terça-feira (13).

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e o Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar atuam, desde as 7 horas desta terça-feira (13), no resgate das vítimas do prédio que desabou na rua Alto de São João, em Pituaçu. Até o momento quatro pessoas foram resgatadas com vida e dois corpos, entre eles o de uma criança de 12 anos, foi retirado dos escombros. Os profissionais continuam trabalhando em busca de Rosimery, 31, e do Artur, 1.

Os corpos de um menino de 12 anos, de prenome Robert, e o de Alan Pereira de Jesus, 31 anos, identidade ainda não confirmada, foram removidos do local do desabamento e serão periciados por equipes do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Alex Pereira de Jesus, 29, Beatriz, 30, Sabrina Menezes, ambos retirados com ajuda da população, e Rosângela Santana de Jesus, 30, que passou mal, mas não estava no prédio, foram encaminhadas para atendimento médico pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

O major BM, Ramon Dieggo, coordenador da operação de salvamento pelo CBM, frisou que as equipes vão trabalhar, incansavelmente, até encontrar todos os moradores da edificação.

Um helicóptero do Graer está no local auxiliando nas buscas de duas pessoas que ainda estão desaparecidas. “Existindo a necessidade de transporte rápido de algum sobrevivente para um hospital de grande porte, a aeronave e equipe estão preparadas”, comentou o comandante do Graer, tenente-coronel, Renato Lima.

abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde