abril 14, 2021

970×90

Fechado há cinco anos, Forte São Marcelo é reinaugurado em novembro

Cinco anos após ser fechado para restauração, o Forte São Marcelo deve ser reaberto em novembro deste ano. Segundo informações do jornal Correio, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) entregará também a Igreja de São Domingos, no Terreiro de Jesus. As duas obras, realizadas com recursos do PAC Cidades Históricas, receberam investimentos de R$ 18,5 milhões, sendo R$ 7,5 milhões no forte. O São Marcelo deve se tornar um espaço cultural gerido pelo município.

“Após a conclusão da obra, pode ser passado para gestão da prefeitura, para que ela dê um conteúdo cultural que gere a sustentabilidade do forte”, afirmou o secretário municipal de Cultura e Turismo, Érico Mendonça, ao Correio. O secretário informou que ainda será feito um projeto destinado ao equipamento. O prefeito ACM Neto e a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, se reuniram para discutir o tema nesta quarta-feira (21). O Iphan e a prefeitura se reunirão em breve para debater o uso cultural do forte e construir o plano de gestão do monumento.

De acordo com o coordenador do PAC na Bahia, Mário Vítor Bastos, o principal desafio, durante os trabalhos, foi a reconstrução das muralhas externas, que sofreram muita erosão, por causa da maré. “Na Bahia, o Iphan nunca havia feito nada do tipo”, aponta. Ao todo, 44 profissionais participaram da obra, entre engenheiros, mergulhadores e restauradores. Também foram realizados serviços de pintura e impermeabilização, além da demolição da estrutura do antigo restaurante. 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde