novembro 25, 2020

970×90

2 de Julho: sem desfile e participação popular, autoridades celebram a Independência da Bahia

2 de Julho: sem desfile e participação popular, autoridades celebram a Independência da Bahia

Neste dia 2 de Julho, a Bahia comemora, de forma diferente, os 197 anos de sua independência. Por conta da pandemia da Covid-19, as festividades da data magna do estado se resumem a atos simbólicos, no Largo da Lapinha, com as devidas restrições, para garantir o isolamento social.

No local, o acesso será liberado apenas às autoridades civis e militares, além da imprensa identificada. A partir das 8h, haverá hasteamento das bandeiras nacional, do estado e da capital baiana, seguido pela deposição de flores aos Heróis da Independência no monumento do General Labatut.

A solenidade contará com as presenças do prefeito ACM Neto e do governador Rui Costa, dos presidentes da Assembleia Legislativa da Bahia, da Câmara de Vereadores e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB), Nelson Leal, Geraldo Júnior e Eduardo Morais de Castro, respectivamente.

O local onde ocorrerá as celebrações está interditado com gradil, com intuito de evitar aglomerações. Também será montado um toldo onde as autoridades darão uma coletiva aos jornalistas em área reservada. Não haverá o tradicional cortejo cívico e nem a apresentação de grupos folclóricos ou culturais.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde