agosto 10, 2020

970×90

A família Tricolor de Itinga parabeniza Lauro de Freitas por seus 58 anos de emancipação.

A família Tricolor de Itinga parabeniza Lauro de Freitas por seus 58 anos de emancipação.

PARABÉNS LAURO DE FREITAS.

Lauro de Freitas completa 58 de emancipação.

Localizada no Litoral Norte da Bahia, Lauro de Freitas possui aproximadamente hoje 200 mil habitantes.

Contam os livros de história que no século XI a região era habitada por povos indígenas tupis que vieram da Amazônia e teriam expulsados os tapuias que habitavam a região anteriormente. No século XVI quando da chegada dos portugueses viviam na região os povos tupis e tupinambás, sendo que Tomé de Sousa concedeu em 1552 a Garcia d’Ávila vários lotes de terra na região.

Dados ainda não oficiais, contam que a influência da cultura africana na região veio do fato da cidade ser localizada próximo ao mar, o que favorecia a escoação da produção de cana de açúcar sendo ali instalados engenhos com mão de obra de escravos negros advindos da África, o que explica a existência ainda hoje na região de famílias descendentes de pessoas escravizadas que guardam costumes e culturas africanas, entre elas o quilombo Quingoma com mais de 3mil habitantes.

A historiografia mostra que Lauro de Freitas pertenceu a Salvador até 1880 quando passou a ser distrito de Montenegro, atual cidade de Camaçari, retornado a Salvador em 1932, e finalmente em 31 de julho de 1962 a cidade teve a sua emancipação, de modo que hoje completa 58 anos de condição de munício autônomo e integrante da região metropolitana.

A data ainda carece de maior divulgação, uma vez que há também a data do dia 15 de janeiro, que se refere ao feriado católico do padroeiro da cidade: Santo Amaro de Ipitanga, uma vez que em 1758 por influência das missões jesuítas na região, a cidade teve o nome de freguesia de Santo Amaro de Ipitanga, advindo daí o padroeiro.

Com uma cobertura vegetal da orla marítima com coqueirais, Lauro de Freitas possui cerca de 6km de litoral banhando pelo Oceano Atlântico, o que lhe propicia a existência de lindas praias como Buraquinho, Ipitanga e Vilas do Atlântico, este último um dos bairros mais conhecidos da cidade com condomínios de alto padrão econômico e social, com clubes de hipismo, diversos shoppings, bares, restaurantes e escolas de alto nível.

Lauro é um dos municípios mais industrializados do estado da Bahia, inclusive nela tendo sido construído o Aeródromo Santo Amaro de Ipitanga, que foi o antecessor do Aeroporto de Ipitanga, posteriormente nominado de Dois de Julho, e atualmente Aeroporto Deputado Luís Eduardo Magalhães.

A polêmica sobre o Aeroporto teve fim quando a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) concluiu a mediação entre os municípios de Salvador e Lauro de Freitas para definir a nova delimitação territoriais e os municípios fizeram um acordo onde o Aeroporto e toda a Base Aérea serem definidos como território da capital baiana como noticiado pela grande imprensa.

E é de Lauro de Freitas que vem o Tricolor de Itinga Esporte Clube, um dos maiores times de futebol amador e dos mais conhecidos da região e de Salvador, sendo decorrente da Associação Desportiva Cultural Comunitária Caranguejo, raízes históricas que explica toda preocupação social do time, que vive para além do futebol, gerando bem estar e desenvolvimento das pessoas.

tricoloritinga #adecca #cadinhocaranguejo

Texto: Prof. Marcelo Pinto.
Diretor do Centro de Estudos dos Povos Afro-índio Americanos. (CEPAIA/UNEB)
Mestre em Direito (UFBA) e Prof. de Direito da UNEB.
Presidente do Real Sussuarana Futebol Clube. @cadinhocaranguejo @tricolor.itinga

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde