outubro 27, 2021

970×90

A verdadeira História do município de Lauro de Freitas

A verdadeira História do município de Lauro de Freitas

Por volta do ano 1000, a região atualmente ocupada pelo município foi invadida por povos tupis procedentes da Amazônia, os quais expulsaram os seus antigos habitantes, os tapuias, para o interior.

No século XVI, quando chegaram os primeiros europeus à região, a mesma era habitada pelo povo tupi dos tupinambás .

Em 1552, Garcia d’Ávila recebeu, de Tomé de Sousa, lotes de terra no litoral baiano. Ali, foi instalada, com apoio da família d’Ávila, proprietária da Casa da Torre, uma missão jesuíta, a qual deu origem, em 1758, à freguesia de Santo Amaro de Ipitanga.
LF NEWS Portal Notícias Lauro de Freitas história município2

Uma curiosidade é que Garcia D’Ávila ergueu a primeira construção fortificada do Brasil na atual Praia do Forte, que também foi sua residência e de sua família, além de fazer as vezes de forte. A fazenda ia do “portão” da fazenda, por isso nome do bairro, em Lauro de Freitas até o Maranhão, perfazendo um total de 800 mil quilômetros quadrados, equivalente a 1/10 do território brasileiro de hoje, o que equivale às áreas, somadas, de Portugal, Espanha, Holanda, Itália e Suíça, sendo o maior latifúndio da história nacional.

A região era habitada por indígenas no Morro dos Pirambás. Por situar-se numa zona próxima ao mar, o que favorecia o escoamento da produção agrícola, vieram os engenhos de açúcar e, com eles, os escravos africanos, que influenciaram fortemente a cultura local. Ainda hoje, se podem encontrar descendentes de famílias escravas, guardiãs dos costumes africanos e praticantes do candomblé.

No século XVII, a história da cidade foi marcada por um surto de cólera que dizimou parcela considerável da população, e pela construção da matriz de Santo Amaro de Ipitanga, erguida na parte mais alta da cidade. A matriz se constituiu na construção mais representativa desse período colonial no Brasil.

LF NEWS Portal Notícias Lauro de Freitas história município1

A freguesia de Santo Amaro de Ipitanga tinha esse nome pois cresceu a partir da igreja matriz de Santo Amaro de Ipitanga. Assim ficou até sua emancipação de Salvador, em 1962, quando o vereador Paulo Moreira de Souza propôs substituir Santo Amaro de Ipitanga por Lauro de Freitas, homenageando o político baiano Lauro Farani Pedreira de Freitas, candidato a governador da Bahia e falecido na campanha de 1950 juntamente com Gercino Coelho (pai do ex-governador Nilo Moraes Coelho), em um acidente aéreo em Bom Jesus da Lapa.

LF NEWS Portal Notícias Lauro de Freitas história município3

Essa homenagem póstuma foi uma grande motivação, assim como ocorreu em Simões Filho, para que o distrito soteropolitano se transformasse em um município. Há alguns anos havia um movimento polêmico na cidade para que se retorna-se ao seu antigo nome, Santo Amaro de Ipitanga. Com informações Instituto da História da Bahia / Imagens Artêmio 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde