julho 30, 2021

970×90

ACM Neto prevê “colapso” no sistema de Saúde em Salvador em maio se não houver contenção de casos do Covid-19

ACM Neto prevê “colapso” no sistema de Saúde em Salvador em maio se não houver contenção de casos do Covid-19

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), demonstrou preocupação com a possibilidade do aumento dos casos de contaminados provocado pelo coronavírus na cidade. Ao citar o exemplo de outras capitais do País, cujo sistema já está “colapsado” como Recife, o democrata afirmou que há também risco de “colapso” na capital da Bahia em meados de maio, caso não haja contenção da curva de confirmações e a população não de conscientize sobre a importância do isolamento social.

“Difícilmente Salvador escapará de um colapso, a menos que a gente consiga ter êxito na política de contenção da curva e as pessoas fiquem em casa”, disse durante em entrevista coletiva remota na manhã desta terça-feira (21), feriado de Tiradentes.

ACM Neto criticou as pessoas que defendem a postura de afrouxamento das políticas de prevenção. “Só vai cair a ficha quando tiver um colapso”.

O prefeito anunciou parceria com hospitais de Salvador para ampliar novos leitos de UTI na Capital para tratar pacientes com Covid-19. Serão distribuídos no Hospital Santa Izabel (14), Português (5), ampliação no Hospital Municipal (10) e leitos no Martagão Gesteira (10) para tratar crianças. Um total de 39.

O presidente nacional do DEM também reiterou que há um crescimento da ocupação de leitos e, caso não haja prevenção, o sistema de saúde não vai absolver a quantidade de casos nas UTIs disponíveis.

Também comentou sobre a reunião com o governador da Bahia, Rui Costa (PT), e afirmou ter recebido a “validação” por parte do Estado de todas as ações preventivas que vem sendo tomadas pela gestão municipal.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde