junho 12, 2021

970×90

Ações conjuntas das polícias Militar e Civil multiplicam prisões

Usado como rota de fuga por bandidos que atuam nos estados de Sergipe e Alagoas, o município de Paulo Afonso teve ações das polícias Civil e Militar intensificadas nos últimos meses, o que resultou num crescimento de 758% em mandados de prisão cumpridos no município. Dados apontam ainda uma redução nos homicídios dolosos.

Distante cerca de 400 quilômetros de Salvador, Paulo Afonso também registrou aumento no número de inquéritos remetidos à Justiça. Titular da 18ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Paulo Afonso), a delegada Mirela Santana Matos Ventura afirmou que os resultados positivos se efetivaram após a atuação integrada das polícias Civil e Militar, que contaram com o apoio da 1ª Vara Criminal e do Ministério Público. “A Justiça e o MP analisam os inquéritos com celeridade e expedem rapidamente os mandados, garantindo a remoção dos criminosos da comunidade”, enfatizou.

Mirela acrescentou que o contato com forças policiais de outros estados faz parte da rotina dos delegados que ali atuam. “Esta iniciativa facilita nosso trabalho, pois sendo Paulo Afonso um município que se limita com cidades de outros estados, como Delmiro Gouveia (Al) e Canindé do São Francisco (Se), há uma grande rotatividade de pessoas e muitos obstáculos para identificação dos criminosos”, explicou.

Também foi observado o crescimento de aproximadamente 7% nos registros de inquéritos remetidos à Justiça e uma queda de 10% nos homicídios dolosos. No comando do 20º Batalhão de Polícia Militar (Paulo Afonso), o tenente-coronel Bruno Lopes Sturaro garante que a ‘Operação Centurião’, realizada no município e região, tem atuado para combater atos criminosos em locais e horários específicos. “Prisões por porte ilegal de armas e apreensão de adolescentes envolvidos em ações ilícitas também aumentaram”, afirmou.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde