novembro 17, 2019

970×90

Acusados são condenados a morte por massacre em partida de futebol

Os culpados serão punidos. O Tribunal Superior do Egito confirmou que dez pessoas serão condenadas a morte em virtude da tragédia no estádio de Port Said. Na ocasião, mais de 70 pessoas morreram durante uma partida de futebol no país em 2012. 

O massacre, iniciado depois que torcedores do time da casa, o Al Masry, terem invadido o campo para linchar os jogadores do Al Ahly (apesar da vitória de 3 a 1), foi considerado um dos mais graves da história do futebol.

Além deles, uma pessoa condenada inicialmente se livrou da pena de morte e terá que cumprir prisão perpétua. Outras 39 ficarão entre 15 e cinco anos na cadeia, entre elas o chefe de segurança do estádio. As acusações envolviam assassinato e tentativa de assassinato. Os condenados não poderão mais recorrer.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: