dezembro 07, 2023

970×90

Administração Regional inicia entrega do “Seu Número de Porta” para moradores de Areia Branca

Administração Regional inicia entrega do “Seu Número de Porta” para moradores de Areia Branca

A Administração Regional (AR) de Areia Branca deu início nesta quarta-feira (16), às entregas dos números de porta dos moradores da localidade, que vai facilitar a identificação das residências para que correspondências e encomendas sejam entregues sem que os munícipes precisem se deslocar de suas casas. O projeto “Seu Número de Porta” é uma iniciativa da Prefeitura de Lauro de Freitas, por meio da Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), em parceria com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Os adesivos com a numeração residencial serão distribuídos para serem fixados em local visível no imóvel. A entrega é feita de forma gradativa por prepostos da Prefeitura e também dos Correios. O morador que não receber o adesivo, vai poder procurar o Banco de Serviços do bairro para verificar se há algum impeditivo. Caso não queira utilizar o adesivo cedido pela Sefaz, o morador pode utilizar outro tipo de identificação. Sendo assim, será possível personalizar a numeração da residência, desde que informe o número corretamente que foi recebido, para que não haja divergência na hora de receber correspondências e encomendas. 

O coordenador geral da AR de Areia Branca, Raimundo Miranda, elogiou o projeto e entende que a comunidade é quem ganha com essa iniciativa. “As pessoas estão muito felizes com esse projeto que foi implantado aqui em Areia Branca. Desde o último dia 10 estamos cadastrando os moradores. A comunidade está satisfeita. Era um desejo nosso, e não só de Areia Branca, como também de Jambeiro e Capelão. Esse projeto chegou no momento em que as pessoas estavam precisando”, disse Miranda.

O objetivo da ação é fazer com que os moradores não se desloquem de suas residências para buscar cartas ou encomendas. O projeto vai economizar tempo e dinheiro. “Era um gasto só para buscar a encomenda. Um custo de mais de R$8”, completou.

Para Neilton Ribeiro, que está feliz com a novidade, a ideia caiu como uma luva. “Esse projeto vai melhorar muito a vida da gente aqui, porque não tínhamos esse serviço e agora temos. Tivemos muita dificuldade, mas agora creio que vai melhorar. Antes tínhamos um posto aqui, mas não era oficial, como vai ser agora. Não só eu, como todo mundo vai ter a oportunidade de receber encomenda e correspondência em casa. Estou muito feliz!”, finalizou o morador de 55 anos.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde