Agentes penitenciários param por 72h na Bahia

 Agentes penitenciários param por 72h na Bahia

Agentes penitenciários do estado iniciaram uma paralisação das atividades na manhã desta quarta-feira (17). Segundo informações do sindicato da categoria, os profissionais vão ficar parados por 72h para reivindicam a contratação de agentes aprovados em concursos que ainda não foram nomeados. O protesto também questiona a convocação de profissionais terceirizados.

De acordo com o sindicato, o estado anunciou a inauguração do Conjunto Penal de Vitória da Conquista por meio da contratação de empregados terceirizados na função de agente penitenciário. Para os servidores, a ação confronta uma decisão proferida pela 7ª Vara da Fazenda Pública, que proíbe esse tipo de contratação.

Durante paralisação de 72h, segundo o sindicato, 30% dos agentes penitenciários serão mantidos nas unidades do estado exercendo atividades como fornecimento de alimentos aos presos, aplicação de medicação contínua, atendimento médico de urgência e emergência, além de liberação de alvará de soltura.

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading