outubro 25, 2021

970×90

Alemanha vence Itália nos pênaltis e está nas semifinais da Eurocopa

Alemanha vence Itália nos pênaltis e está nas semifinais da Eurocopa

A Alemanha venceu a Itália por 6-5 no desempate por grandes penalidades e qualificou-se assim para as meias finais da Campeonato da Europa. No final do prolongamento o jogo acabou empatado a uma bola.

São onze para onze e no final ganha a Alemanha. A famosa frase de Gary Lineker parece cada vez atual nos dias que correm e confirmou-se uma vez mais no encontro das meias-finais entre dois gigantes do futebol: Itália e Alemanha.

Imaginemos uma entrevista para o cargo de CEO da Google ou da Microsoft: Itália e Alemanha seriam os candidatos mais bem qualificados, com vários doutoramentos e pós-graduações em competições internacionais de seleções. Senão repare: Itália e Alemanha contam com quatro campeonatos do mundo, já em relação a títulos europeus, a Alemanha leva a melhor com três títulos europeus e a Itália um.

Na primeira parte as duas equipas anularam-se. Nos primeiros 45 minutos só se viram dois lances de perigo junto às duas balizas. Primeiro foi Muller a criar perigo depois da bola chegar-lhe aos pés após espécie de carambola. A ‘squadra azzurra’ respondeu pouco depois, num remate de Sturaro, naquela que foi a primeira situação de perigo da partida.

Os germânicos faziam da posse a sua arma de arremesso, os italianos mais na expectativa iam espreitando quando podiam o contra-ataque.

No segundo tempo, aos 65 minutos, a Alemanha parecia ter desferido o golpe mortal no encontro com o golo de Ozil. Depois de uma excelente jogada de Mario Gomez, o atacante tocou para Hector que fez a assistência para a finalização fácil do médio já dentro da área. Pouco depois a conjunto germânico podia ter feito o 2-0, com Muller a tirar um adversário do caminho e depois a rematar ao lado.

No embate entre dois monstros do futebol mundial parecia que pelo andamento do encontro que quem marcasse primeiro passaria às meias finais. Puro engano.

Os italianos não se resignaram e foram à procura do prejuízo e podiam ter feito o empate pouco depois. Giaccherini cruzou para a área, e Pelle finalizou com a bola a passar muito perto da baliza.

A Itália é assim. Quando parece moribunda desperta de um momento para o outro. O golpe de teatro surgiu aos 76 minutos. Boateng, de forma infantil, tocou a bola com a mão dentro da área. Grande penalidade para Itália que Bonucci transformou com classe.

A partida encaminhou-se então para o prolongamento. No tempo extra as duas equipas esgrimiram argumentos, com os alemães a fazerem mais para evitar a decisão nas grandes penalidades que acabou por ser inevitável.

Nas grandes penalidades Zaza foi o primeiro a falhar, Muller imitou-o. Ozil e Graziano Pelle também nada com a baliza adversária. Bonnuci permitiu a defesa do Neuer e Schweinsteiger teve a oportunidade de acabar com tudo, mas atirou por cima. À 17ª grande penalidade, Darmian permitiu a defesa de Neuer. Na segunda oportunidade para matar o jogo, Hector não falhou e colocou a Alemanha nas meias finais do Euro.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde