novembro 30, 2021

970×90

Após denunciar senador por agressão, jovem tenta retirar queixa

Uma estudante de 19 anos afirmou à polícia ter apanhado “até desmaiar”do senador Telmário Mota (PDT). Pouco mais de um mês depois, ela voltou à delegacia e pediu para retirar a queixa alegando que se machucou ao tentar agredir o parlamentar. A denúncia, entretanto, não pode ser retirada, e foi encaminhada à Procuradoria de República, em razão do foro privilegiado do parlamentar.

À veículos de comunicação da mídia nacional, o senador Telmário Mota negou ter agredido a estudante. Ele admitiu que os dois tiveram um relacionamento, mas diz nunca tê-la maltratado.

No primeiro depoimento prestado à Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), em 31 de dezembro, a estudante Maria Aparecida Nery de Melo afirmou que foi agredida por Telmário na noite de 26 de dezembro, na casa da jovem. O senador, segundo o depoimento, teve uma crise de ciúmes após ver a estudante cumprimentando um tio, levou-a para um quarto e a agrediu com socos e chutes enquanto tapava-lhe a boca. Com informações Inaê Brandão e Emily Costa.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde