dezembro 08, 2021

970×90

Após derrota em casa, jogadores do Vitória evitam desculpas; foco é o próximo jogo

Após derrota em casa, jogadores do Vitória evitam desculpas; foco é o próximo jogo

A meta de vencer as sete partidas em casa até o fim do campeonato para tentar se manter na Série A em 2017 começou mal. O primeiro dever do Vitória seria vencer o Botafogo, ontem, no Barradão. Tarefa não cumprida com a derrota por 1×0. Contudo, após o jogo, os jogadores preferiram não enfatizar a derrota.

Um dos jogadores mais dedicados em campo, Marinho achou que o Vitória merecia resultado melhor diante dos cariocas. “Nem sempre quem joga melhor ganha. A gente lutou muito, perdeu o pênalti e logo em seguida tomou o gol. É difícil falar após uma derrota como essa e estar toda hora dando explicação. Temos uma semana para trabalhar e domingo não podemos pensar nem em empatar”, afirmou. 

Responsável por perder o pênalti citado por Marinho no final do primeiro tempo, quando a partida estava 0x0, Diego Renan engrossou o coro de focar no duelo contra o São Paulo, domingo, também no Barradão. “Infelizmente eu perdi o pênalti, mas quem assume a cobrança está sujeito a isso. Agora não dá para lamentar e já estamos pensando no São Paulo”, afirmou o lateral.

Willian Farias, sempre regular, colocou a derrota na conta dos mistérios do futebol. “Jogo contra o Internacional foi assim. Eles martelaram, a gente teve uma oportunidade e fez o gol. Futebol é assim. Tivemos oportunidades e não fizemos. Hoje foi o dia do Botafogo. Agora é pensar no próximo jogo. Temos que seguir em frente. Não podemos desistir”, ressaltou o capitão.

Mesmo com a derrota, o Leão permanece com 29 pontos, na 16ª posição, mas pode perder a posição para o Internacional, que joga hoje, às 20h, contra o América-MG.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde