julho 18, 2019

970×90

Arena Fonte Nova vai receber Seleção Brasileira e outros quatro jogos da Copa América

Arena Fonte Nova vai receber Seleção Brasileira e outros quatro jogos da Copa América

Fonte: PIXABAY

A cidade de Salvador foi confirmada como a casa da Seleção Brasileira na segunda rodada, da fase de grupos, da Copa América de 2019. Além disso, a capital da alegria também vai receber mais quatro jogos, sendo um das quartas de final do torneio. Com isso, a Arena Fonte Nova passa a ser um dos estádios com mais partidas na competição, algo que também ocorreu na Copa do Mundo de 2014.

Com uma capacidade de quase 50 mil torcedores, a Arena Fonte Nova é o único representante do Nordeste na Copa América. Enquanto a região Norte e Centro-Oeste ficaram de fora da competição, o Sul e o Sudoeste vão contar com quatro sedes. Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre são os locais onde as seleções sul americanas vão jogar pelo torneio continental. O motivo seria a melhor estrutura das sedes escolhidas.

Apesar de ser a única representante da região, Salvador vai ser palco de alguns jogos importantes. No início de dezembro, a Conmebol definiu algumas informações e confirmou cinco partidas na Arena Fonte Nova. Uma dos mais importantes vai acontecer no dia 18 de junho, quando a Seleção Brasileira vai entrar em campo, em Salvador, pela segunda rodada da fase de grupos.

Outro destaque é a presença do estádio nas quartas de final, quando ele se despede da Copa América. As três partidas anteriores vão ser todas disputadas na fase de grupos, porém sem o Brasil em campo. A expectativa é que a média de público do estádio fique na casa dos 50 mil torcedores, e assim consiga manter o bom público que teve em 2014. O recorde do estádio, após a reforma de quase 600 milhões de reais, é de 51 mil e 227 pessoas, na partida entre Bélgica e Estados Unidos, pela Copa do Mundo.

A Copa América vai acontecer entre os meses de junho e julho de 2019. A abertura, com o jogo da Seleção Brasileira, acontece em São Paulo, no estádio do Morumbi, que possui uma capacidade de quase 70 mil lugares, no dia 14 de junho. Já a grande decisão acontece no dia 7 de julho, no Maracanã, assim como foi na Copa do Mundo de 2014. O Brasil só deve jogar no Rio de Janeiro, caso se garante na decisão do torneio. Antes disso, não deve passar por lá.

Copa América promete atrair torcedores

Após um 2018 marcado pela eliminação na Copa do Mundo, a Seleção Brasileira promete chegar forte na próxima temporada. A equipe, que não jogou em casa durante o ano todo, vai finalmente voltar aos braços da torcida. O objetivo principal é esquecer o fracasso de 2014 e mostrar força dentro de casa durante a Copa América.

Para fazer isso, a presença de torcedores será fundamental, algo que deve acontecer. O Mundial de 2014 foi marcado pelas belas festas nas arquibancadas dos jogos. Na ocasião, o Brasil conseguiu uma média de quase 54 mil torcedores por partida, sendo mais de três milhões de espectadores durante junho e julho de 2014. A decisão entre Alemanha e Argentina foi a partida com maior público do torneio, com quase 75 mil torcedores, segundo informações do portal da Globoesporte.

O ambiente positivo coloca a Seleção Brasileira como principal candidata ao título. Em entrevista recente ao canal SporTV, Tite garantiu que a equipe tem sim a obrigação de ser campeã. Algo que é comprovado também nos números. Segundo alguns dados do portal da Betway, no dia 26 de dezembro, o Brasil tem 38,2% de chance de título e vence a Argentina no favoritismo. Ou seja, torcedores e especialistas ainda confiam no time montado por Tite, mesmo com a fraca campanha em 2018.

Essa confiança passa pelos amistoso realizados depois do Mundial. A equipe fez seis jogos, sendo dois clássicos contra Argentina e Uruguai, e venceu todos eles. O Brasil fechou o ano com 100% de aproveitamento nos amistosos. Em jogos oficiais, a única derrota foi a eliminação para a Bélgica.

Com o apoio dos torcedores e um bom rendimento de Neymar, a Seleção Brasileira não deve ter dificuldades para fazer uma boa Copa América. Enquanto Argentina, Uruguai e Chile ainda passam por reformulações, o Brasil parece estar no caminho certo. Vai ser um excelente treino para ajustar a equipe pensando nas Eliminatórias da Copa de 2022.

Compartilhe isso
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: