novembro 27, 2021

970×90

Arraiá Virtual da Economia Solidária acontece nesta quarta (23), com atrações musicais e exposição de produtos

Arraiá Virtual da Economia Solidária acontece nesta quarta (23), com atrações musicais e exposição de produtos

O São João continua diferente este ano, mas nem por isso vai faltar animação, comidas típicas, música boa e artesanato, pelo menos é o que promete o Arraiá Virtual da Economia Solidária. A live será transmitida pelo canal da Prefeitura de Lauro de Freitas no YouTube e na página oficial do Instagram. O evento inédito no município é promovido pela Secretaria do Trabalho, Esporte e Lazer (Setrel) e acontece nesta quarta-feira (23), a partir das 16h.

Durante o evento, serão apresentados os produtos produzidos pela economia solidária. O secretário da Setrel, Uilson Souza, explica que a iniciativa tem o objetivo de escoar a produção e ampliar o faturamento durante a pandemia do coronavírus. “O ambiente de comercialização foi adaptado em função do momento que estamos vivendo. É um espaço inteiramente gratuito e a Prefeitura possibilitou cenário, barracas e toda produção. O expositor só terá a responsabilidade de apresentar seu produto”, disse.

A ação faz parte do Programa Cidade Solidária e Sustentável, lançado pela Prefeitura no início deste mês. O programa propõe o desenvolvimento de ações para aquecer a economia local durante e pós-pandemia. Uilson completa que este público foi amplamente atingido pela pandemia. “Nós tivemos que suspender as feiras públicas e criamos outras estratégias, dentre elas a venda em ambiente virtual, gerando renda para quem produz no município e dando um alcance maior a essa produção. Além da live, os produtos serão divulgados de forma continuada em outras plataformas como whatsapp por exemplo”, citou.

Entre as atrações da live estão o Forró Pé do Oiti e o cantor Isaías Sampaio. Além disso, serão divulgados os produtos da costura criativa, bijuterias, gastronomia, pinturas, artesanato com recicláveis e agricultura familiar. Todos os produtores terão seus canais de contato divulgados. “O evento valoriza a nossa cultura e reafirma o papel da economia solidária como alternativa viável, mesmo na crise sanitária”, concluiu Uilson.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde