outubro 17, 2019

970×90

Assistidos do Caps Infantil se divertem em comemoração ao Dia das Crianças

Assistidos do Caps Infantil se divertem em comemoração ao Dia das Crianças

Pipoca, algodão doce, acarajé e muita brincadeira rechearam a manhã de animação e folia no Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Caps I). A festa, realizada na manhã desta quarta-feira (09), comemorou o Dia das Crianças, que é no próximo dia 12, e reuniu no pátio da unidade mais de 190 pequeninos e adolescentes assistidos do equipamento que integra a rede de Atenção a Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa). A pasta ainda possui mais dois Caps para necessidades distintas e atendimento psicológico ofertado nas Unidades de Saúde da Família (USF).

Entre as brincadeiras, a favorita de João Vitor, de 12 anos, é o pula-pula. Acompanhado de sua mãe, Cláudia Santos, o pequeno vibrava a cada salto que conseguia dar. “Eu estou feliz em ver meu filho bem. É muita luta e dedicação para poder ver ele assim”, disse. Dona Cláudia conta que o garoto é autista e recebe atendimento na unidade desde os sete anos de idade. “Ele quando chegou aqui nem falava, hoje interage”, completou. A alegria é semelhante para Vitória Silva, tia de Arthur Felipe, de três anos. “Meu sobrinho se concentra, conversa com a gente, coisa que não fazia”, contou.

Na fila da pintura facial as meninas pediam sol, flores e os meninos preferiam os super-heróis. Para a coordenadora de Saúde Mental da Sesa, Graziela Borges, o momento é importante e está inserido no contexto do tratamento, como forma de exercitar a integração e interação. “Eles podem desfrutar da recreação, envolvidos com seus familiares e com pessoas do cotidiano. No dia a dia, nossas crianças e adolescentes são acompanhados por uma equipe multidisciplinar composta por médico psiquiatra, psicólogo, assistente social, educador físico, fonoaudiólogo, farmacêutico e enfermeiros”, explicou.

Além dos lanches e brincadeiras, as crianças foram presenteadas com brinquedos. Enquanto alguns assistiam a apresentação da princesa Bela, outros se divertiam esperando o espetáculo do Grupo Bambolê de Teatro. “Nós temos parceiros que estão sempre dispostos a colaborar. Como a Azul Linhas Aéreas, Sorveteria Pingo Doce e ViaSul Concessionária que nos ajudaram com lanches, água e doação de brinquedos”, informou Graziela.

O CAPS I, no Centro da cidade, atende crianças e adolescentes de dois a 18 anos com síndromes psiquiátricas, transtornos globais de desenvolvimento, violência e com dependência química. O acolhimento é realizado sempre às segundas e terças-feiras. Na unidade, o assistido participa das oficinas terapêuticas voltadas para socialização, estimulação sensorial, oral e outros, de acordo com a necessidade do paciente. Os assistidos que precisam utilizar remédios recebem no próprio equipamento sua medicação distribuída pela farmácia estabelecida na unidade. Os menores também fazem suas refeições na unidade.

Jornalista Giovanna Reyner

Foto Edgard Copque

ASCOM/PMLF

09/10/2019

Tel.: 3288 – 8371

www.laurodefreitas.ba.gov.br

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: