março 23, 2019

970×90

Atentado suicida na Nigéria mata 45 e deixa 33 feridos

Ao menos 45 pessoas morreram, e outras 33 ficaram feridas, nesta sexta-feira (9), em um duplo atentado suicida cometido por duas mulheres contra um mercado do nordeste da Nigéria, segundo os serviços de segurança.
“As duas suicidas se fizeram passar por clientes e detonaram seus cinturões com explosivos. Uma, na parte do mercado onde se vende comida, e outra, próximo a um provador de roupa”, disse o porta-voz da prefeitura de Madagali, Yussuf Muhammad.
O presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, condenou o duplo atentado e se comprometeu a “pôr fim à essas perdas insensatas de vidas inocentes”.
“Esse último ataque é a prova de um ato de desespero, mas os militares nigerianos não serão afastados (de seus objetivos) nem apaziguados”, declarou, em um comunicado.
Esse atentado é mais um duro golpe para o presidente Buhari, que chegou a dizer esta semana que a situação estava “sob controle”.
A autoria do atentado não foi reivindicada, mas o “modus operandi” corresponde ao grupo armado nigeriano Boko Haram, que comete atentados na região do lago Chade desde 2009.
Seita salafista extremista transformada em movimento extremista após a morte de seu fundador, Mohammed Yussuf, o Boko Haram já deixou mais de 20.000 mortos e cerca de 2,6 milhões de deslocados com seus atos de violência no nordeste da Nigéria desde 2009.
No ano passado, o governo nigeriano anunciou que o grupo estava “tecnicamente vencido”.
O nordeste da Nigéria vive uma nova onda de ataques nas últimas semanas, coincidindo com o fim da temporada de chuvas.

Compartilhe isso
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: