novembro 29, 2021

970×90

Autor de disparos na Caixa movia processo contra o banco

O responsável pelo ataque armado, na tarde desta quarta-feira (21), que resultou em três pessoas feridas no Empresarial Dois de Julho, na sede da Caixa Econômica Federal (CEF), moveu, em 2006, um processo no Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT) da 5ª Região contra a empresa. O autor dos disparos iniciou a ação um ano após o seu início das atividades na instituição.

No texto, o funcionário questionava a falta de recebimento de horas extras, débitos trabalhistas, como férias atrasadas, e salários sem reajuste. O processo tramitou no TRT até 2013, quando foi arquivado. A responsável pelo caso, a juíza Ana Fátima Passos C. Branco Teixeira, autorizou a execução da dívidas em dezembro de 2006.

O caso – O autor do episódio atirou em duas colegas na CEF dos empresarial, onde trabalhava, e, em seguida, se matou. As duas vítimas foram socorridas para os hospitais Geral do Estado (HGE) e São Rafael.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde