Bahia vence Barcelona e conquista o terceiro triunfo seguido no Baianão

 Bahia vence Barcelona e conquista o terceiro triunfo seguido no Baianão

No confronto direto dentro do G4 do Campeonato Baiano, o Bahia levou a melhor e superou o Barcelona de Ilhéus por 2×0, na noite desta quarta-feira (31), na Fonte Nova. O triunfo mantém o Esquadrão na briga pela liderança do torneio.

Em uma atuação de muita pressão e pouca eficiência nas finalizações, a vitória azul, vermelha e branca foi construída na segunda etapa. Everton Ribeiro, de cabeça, abriu o placar após receber cruzamento na medida de Everaldo. No final, Rafael Ratão ampliou a conta.

O triunfo deixou o Bahia com 10 pontos na competição. O tricolor chegou a terceira vitória seguida e está invicto utilizando o time principal. Já a Onça estacionou nos sete pontos e corre o risco de deixar a zona de classificação.

Após o confronto com o Barcelona, o Bahia dará uma pausa no Baianão. Neste domingo (4), o tricolor recebe o Sport, na Fonte Nova, pela estreia na Copa do Nordeste.

Rogério Ceni voltou a rodar o elenco e sacou os volantes Caio Alexandre e Jean Lucas. Cauly e Everton Ribeiro voltaram ao time, mas as novidades ficaram por conta das entradas de Ryan, Thaciano e Ademir.

O Barcelona não se intimidou com a força do Bahia na Fonte Nova e promoveu uma verdadeira blitz na defesa tricolor logo nos primeiros minutos. Os atacantes Natan e Dionas Bruno exigiram boas defesas de Adriel.

O camisa 8 não estava em um bom dia. No belo lance construído por Everton Ribeiro, Cauly recebeu outra vez na entrada da área, mas o goleiro Thiago Passos mandou a finalização para escanteio. Minutos depois, Gabriel Xavier fez o papel de lateral e cruzou rasteiro. O meia pegou livre de marcação, mas chutou de forma bisonha.

O Bahia seguiu martelando o Barcelona. Gilberto acertou a trave, enquanto Thaciano venceu o goleiro Thiago, mas viu Reginaldo salvar praticamente em cima da linha. Apesar das tentativas, o time passou em branco no primeiro tempo.

O roteiro da partida começou igual na segunda etapa. Com o Barcelona posicionado no campo de defesa e montado para puxar o contra-ataque, o Bahia se lançou ao ataque. Por vezes o zagueiro Gabriel Xavier aparecia na entrada da área para municiar os homens de frente. Dessa vez a pressão fez efeito.

Na jogada de papéis trocados, o centroavante Everaldo saiu da área e fez o cruzamento na medida. O meia Everton Ribeiro recebeu livre de marcação e, de cabeça, mandou para o fundo das redes, abrindo o placar aos 11 minutos.

Logo depois do gol, Rogério Ceni colocou sangue novo no Bahia. Luciano Juba, Caio Alexandre e Biel entraram nas vagas de Ryan, Yago e Ademir, respectivamente.

O Bahia passou a ter mais presença ofensiva com as mudanças. Everton Ribeiro deu lindo passe de letra para Cauly, o meia limpou o marcador, invadiu a área, mas tentou driblar o goleiro e foi desarmado. Seria um golaço.

Já o Barcelona não mudou a sua estratégia. A Onça apostava em um erro da defesa tricolor para tentar conectar o contragolpe. Hugo Moura arriscou chute forte e por muito pouco não deixou tudo igual.

O Bahia então tratou de tranquilizar a torcida que apoiava nas arquibancadas. Aos 39 minutos, Thaciano lançou Rafael Ratão. O atacante invadiu a área em velocidade e tocou na saída do goleiro Thiago Passos, anotando o segundo gol da partida e garantindo o triunfo do Esquadrão por 2×0.

FICHA TÉCNICA

Bahia 2×0 Barcelona de Ilhéus – Campeonato Baiano (5ª rodada)

Bahia: Adriel, Gilberto, Gabriel Xavier, David Duarte e Ryan (Luciano Juba); Yago (Caio Alexandre), Thaciano, Cauly, e Everton Ribeiro (Jean Lucas); Ademir (Biel) e Everaldo (Ratão). Técnico: Rogério Ceni.

Barcelona: Thiago Passos, Hugo Moura, Bruno Ritter, Weslley e Reginaldo (João Henrique); Ninho Xavier (Caio), Ramires (Jefferson) e Hadrian; Natan, Cesinha (Dedé) e Dionas Bruno (Tauã). Técnico: Betinho.

Local: Fonte Nova

Gols: Everton Ribeiro, aos 10 minutos do 2º tempo, e Rafael Ratão, aos 39

Cartão amarelo: Caio Alexandre (Bahia); Cesinha, Bruno Ritter (Barcelona)

Público: 24.887 pagantes

Renda: R$ 704.616,00

Arbitragem: Eziquiel Sousa Costa, auxiliado por Paulo de Tarso Bregalda Gussen e Daniella Coutinho Pinto.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste portal é protegido por leis de direitos autorais. Para republicação ou uso, entre em contato com nossa equipe de suporte.