janeiro 25, 2022

970×90

Bahia vence o Brasil de Pelotas e agora ocupa a 3ª colocação na série B

Contando mais uma vez com a força da torcida na Fonte Nova, o Bahia derrotou na noite desta sexta-feira (14) um dos principais rivais na briga pelo acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. O Esquadrão bateu o Brasil de Pelotas por 1 a 0, gol de Wesley Natan, que marcou no susto e colocou o tricolor no G-4 da segundona.
A permanência do time comandado por Guto Ferreira no grupo dos quatro primeiros vai depender do complemento desta 31ª rodada. Avaí, Náutico e Londrina, que podem passar a pontuação do Bahia, também terão a vantagem de atuarem em seus domínios contra Tupi, Ceará e Luverdense, respectivamente, neste sábado (15).
O jogo
Empurrado pela torcida que encheu a Fonte Nova, o Bahia dominou as ações contra o Brasil de Pelotas desde os primeiros minutos. Mesmo pressionando, o Esquadrão não conseguiu criar chances claras, com Hernane tentando cavar um pênalti e levando cartão amarelo aos 17.
Acuado, o Brasil de Pelotas buscava apenas o contra-ataque, e foi em um desses lances que o time gaúcho assustou o tricolor aos 23. O atacante Ramon recebeu na área e passou por Muriel , mas ficou sem ângulo e não conseguiu finalizar no gol vazio mandando longe da meta.
Dois minutos depois, foi a vez de Diogo Oliveira ter boa chance de abrir o placar para os visitantes em mais um contra-ataque, em que focou com a sobra de bola na frente da área mas finalizou mal, longe do gol de Muriel.
Os sustos acordaram o Esquadrão, que contou com a sorte para abrir o placar aos 31 minutos. Após cobrança de falta de Renato cajá, Eduardo Martini falhou e rebateu a bola na cabeça de Wesley Natã, que marcou seu segundo gol naquela que foi a segunda partida pelo tricolor: Bahia 1 a 0.
Segundo tempo
 Com vantagem no placar sobre um dos principais rivais na briga pelo acesso, o Bahia voltou mais conservador para a etapa final, mas logo aos dois minutos esteve perto de ampliar. De longe, Luiz Antônio arriscou e acertou a trave de Eduardo Martini, que só ficou olhando a bomba do volante tricolor.
O Brasil de Pelotas chegou a assustar aos 29, quando após boa jogada trabalhada pela esquerda, Diogo Oliveira recebeu cruzamento na área, mas cabeceou fraco, nas mãos de Muriel.
Hernane ainda chegou a ter grande chance, mas voltou a decepcionar a torcida tricolor. O camisa 9 recebeu grande passe de Régis, mas de cara com o goleiro chutou fraco e permitiu a defesa de Eduardo Martini.
FICHA TÉCNICA
Bahia 1 x 0 Brasil de Pelotas
Campeonato Brasileiro Série B – 31ª rodada
Local: Fonte Nova, às 21h30
Arbitragem: Antônio Rogerio Batista do Prado, assistido por Ricardo Pavanelli Lanutto e Bruno Salgado Rizo (todos de SP)
Bahia: Muriel, Eduardo, Tiago, Jackson e Moisés (Tinga); Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá Régis); Wesley Natã (Victor Rangel), Edigar Junio e Hernane. Técnico: Guto Ferreira.
Brasil de Pelotas: Eduardo Martini, Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, Galiardo (Wender), Marcão e Diogo; Ramon (Gustavo Papa) e Belusso (Nathan). Técnico: Rogério Zimmermann.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde