outubro 27, 2020

970×90

Bolsonaro declara guerra à Folha: “Esse jornal não terá o apoio do Governo Federal”

Bolsonaro declara guerra à Folha: “Esse jornal não terá o apoio do Governo Federal”

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) atacou o jornal Folha de São Paulo durante entrevista ao vivo no Jornal Nacional, na noite desta segunda-feira (29). O novo líder do Governo Federal travou uma dura batalha contra a publicação, que divulgou reportagens sobre um suposto esquema de caixa 2 envolvendo empresas que comprava disparos no WhatsApp em benefício do então candidato.

“Esse jornal não terá o apoio do Governo Federal”, assegurou aos jornalistas William Bonner e Renata Vasconcelos. “Esse jornal já não tem mais prestígio nenhum. Quase todas as fake news contra mim partiram da Folha de São Paulo”. 

Ele disse que não fechará a publicação, mas que ela não receberá mais publicidade estatal. “Sou favorável à liberdade de imprensa. Aproveito para fazer justiça no Brasil. Tem uma senhora [Walderice] que trabalhava em Angra. A Folha a rotulou como fantasma. É uma mulher, negra e pobre. Ela estava de férias”, disse.

Mais cedo, em entrevistas ao SBT e a RecordTV, Bolsonaro afirmou que convidaria Sérgio Moro para o Supremo Tribunal Federal ou para o Ministério da Justiça. Indagado por Renata se teria preferência pessoal em indicar moro para um dos dois cargos, Bolsonaro se esquivou.

“É um homem que tem que ter o seu trabalho reconhecido. Pretendo convidá-lo para o Ministério da Justiça ou, havendo vaga, para o Supremo Tribunal Federal”, finalizou.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde