maio 10, 2021

970×90

“Cada alimento aqui faz uma diferença enorme lá em casa”, diz mãe de estudante da rede municipal ao receber kit alimentação

“Cada alimento aqui faz uma diferença enorme lá em casa”, diz mãe de estudante da rede municipal ao receber kit alimentação

Com movimentação tranquila, mais de três mil estudantes da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas retiraram o kit alimentação nas unidades escolares nesta quinta-feira (22). A iniciativa da Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) já atendeu mais de 13 mil alunos do total de 28 mil com direito ao benefício.  

O kit que substitui a merenda escolar contém nove itens –  arroz, feijão, proteína de soja, açúcar, café, leite em pó, macarrão, biscoito salgado e flocão de milho. Os pequenos das creches recebem um pacote de leite a mais e um pacote de fraldas.  A distribuição teve início nessa segunda-feira (19).   

“Receber essa ajuda é maravilhoso. Cada alimento aqui faz uma diferença enorme lá em casa. Lá, até um fósforo que entra, a gente agradece”, contou a diarista Rosemeire dos Santos, ao retirar o kit pertencente ao seu filho, aluno da Escola Municipal Ana Lúcia Magalhães, no Centro.  

“Vai nos ajudar bastante. Essa cesta é uma garantia de que a gente vai ter feijão no prato. Lá em casa a gente coloca as mãos pro céu e agradece a Deus por ter esses alimentos”, disse a auxiliar de serviços gerais Aline Novais, moradora do Capelão. 

O kit também fará diferença no lar de dona Ana Paula, 42, mãe de um estudante do 7º ano da Escola Municipal Catarina de Sena, no Caji. “Com certeza vai ajudar bastante, principalmente nesse período difícil que estamos vivendo. Toda ajuda é bem-vinda”, contou a autônoma. 

Na Escola Municipal Ipitanga, a auxiliar de serviços gerais Verbênia Moreira, de 37 anos, mãe de uma estudante do 8º ano da unidade também celebrou a ação. “É bom saber que podemos contar com o apoio da escola nesse momento. Esses alimentos já ajudam em alguma coisa. A coisa não tá fácil”, afirmou.  

Em momentos de crise econômica impulsionada pela pandemia da Covid-19, o kit representa uma parte significativa das compras mensais na casa de Tassio Silva, de 21 anos. “Já vamos economizar no mercado. Com certeza essa cesta tá sendo uma boa ajuda nesse momento delicado”. Desempregado, ele contou que os alimentos são de extrema importância para garantir o sustento dos filhos.  

Escola em tempos de pandemia 

A logística de distribuição e a composição do kit alimentação segue orientação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) do Ministério da Educação. Desde a garantia da qualidade dos alimentos e valores nutricionais ao controle higiênico-sanitário do kit e das pessoas que vão atuar na distribuição.

Em Lauro, gestores das unidades de ensino realizaram um cronograma para organizar a distribuição. Em algumas escolas a retirada é feita através de agendamento. 

A medida foi adotada para evitar aglomerações e inibir o contágio da Covid-19 durante a ação na comunidade escolar.  Por isso, todos os visitantes passam por medição de temperatura, higienizam as mãos com álcool em gel e são orientados a manter distanciamento de 1,5m.  

No Centro Educacional Fênix, por exemplo, a distribuição foi dividida m três etapas de acordo com as séries. Nesta quarta-feira (21) foram distribuídos os itens para alunos do 1º ao 5º ano, hoje (22) foi a vez de estudantes do 6º ao 8º ano, e amanhã (23) do 9º ano ao programa de Educação para Jovens e Adultos (EJA), de acordo com informações da diretora da unidade, Viviane Araújo.    

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde