junho 12, 2021

970×90

Camaçari: Aumento de 28% no salário dos vereadores e do prefeito está quase garantido

O aumento dos salários dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais de Camaçari aprovado pela Câmara no dia 1º novembro está praticamente garantido, pois o prefeito Ademar Delgado, apesar de não ter sancionado, também não vetou o projeto, que agora deverá ser promulgado pelo presidente da Mesa Diretora do Poder Legislativo.

Em nota a câmara municipal, informou que o percentual do reajuste aprovado foi na ordem de 28%, o que totalizou um aumento de R$ 2.578,47 no salário dos vereadores que passa a ser de R$ 13 mil aproximadamente.
Ademar tinha dez dias para vetar ou sancionar a propositura enviada até ele via oficio pela Câmara, caso não fizesse nada abriria o caminho para o Legislativo.
 

E  foi isso que aconteceu, ao ser encaminhado na segunda-feira (28), à Câmara de Vereadores, o ofício nº 319/2016, com o posicionamento do Governo Municipal sobre os Projetos de Lei de Nº 029/2016 e 030/2016, que tratam dos subsídios dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais.
 

No ofício encaminhado à Câmara, o prefeito Ademar Delgado se abstém de sancionar os referidos Projetos de Lei. E como ele também não vetou não precisará ter uma nova sessão na câmara para manutenção ou derrubada do veto, livrando assim os vereadores do constrangimento de uma pressão popular no plenário. 
 

Após receber o oficio o presidente Câmara terá cinco dias para promulgar o aumento dos salários, caso não faça isso o vice-presidente  terá mais dois dias para fazer. O Presidente é o vereador Marcelino (PT), e o Vice-presidente é o vereador Wilton de Ferrinho (PMN). 

 

Como a autoria do projeto foi da própria Mesa Diretora e aprovado pelo plenário dos vereadores por unanimidade, tudo leva a crer que eles vão aproveitar essa manobra do Executivo e garantir o aumento de todos.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde