janeiro 17, 2022

970×90

Centrais sindicais se unem pelo “Fora, Bolsonaro” no 1º de maio

Centrais sindicais se unem pelo “Fora, Bolsonaro” no 1º de maio

Comemoração do 1º de maio terá Lula, Dilma, Ciro, Dino, Marina e FHC

As maiores centrais sindicais do país estarão unidas amanhã, nas comemorações do 1º de maio, em defesa do “Fora, Bolsonaro”, do isolamento social e da manutenção do emprego e renda dos trabalhadores. Sem as tradicionais manifestações na rua, em um ato transmitido pela internet, dirigentes sindicais buscarão articular uma frente ampla em favor da democracia e da Constituição.

A informação é do Valor Econômico.

No palanque virtual, estarão políticos de diferentes partidos, como os ex-presidentes Lula, Dilma Rousseff e Fernando Henrique Cardoso, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e a ex-senadora Marina Silva (Rede).

No ato organizado pela CUT, Força Sindical, UGT, CSB, CTB, CGTB, NCST e movimentos populares, está prevista também a participação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli. A presença das três autoridades, no entanto, mas não foi confirmada até a noite de ontem.

Para a CUT, a defesa da democracia passa pelo “fim do governo de Jair Bolsonaro e se traduz no ‘Fora, Bolsonaro’”. Na avaliação da central sindical, “não há democracia, empregos, saúde, educação nem políticas sociais” na atual gestão federal.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde