dezembro 16, 2018

970×90

Central das creches do Brasil vai acionar justiça para barrar projeto “Pé na Escola”

Central das creches do Brasil vai acionar justiça para barrar  projeto “Pé na Escola”

Cerca de 40 mil crianças de 4 e 5 anos estão fora da pré – escolar por falta de vagas. “O prefeito de Salvador ACM Neto com esse projeto “pé na escola tenta jogar a sujeira para debaixo do tapete” observa o presidente da Central das Creches do Brasil Cleriston Silva.

Por ser um projeto do executivo municipal de Salvador, que não deixa claro seu real objeto e tratar de contrato milionário a central das creches do Brasil vai acionar a justiça e o MP para barrar o “projeto pé na escola” através de liminar.

A prefeitura tenta terceirizar a responsabilidade da educação infantil na pré escola. Quem vai custear a merenda escolar, material escolar e fardamento dos alunos, questiona a central das creches. Ainda de acordo com o presidente da Central a prefeitura já fez esse mesmo modo com as creches que atendem crianças as de 0 a 3 anos do setor privado, para pagar com os recursos do FUNDEB a iniciativa da SMED foi o maior fracasso as instituições conveniadas a maioria não atendem os padrões da lei de diretrizes e bases da educação.

Compartilhe isso
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: