março 07, 2021

970×90

China começa a fazer exames tipo PCR com cotonetes inseridos via anal; método aumenta taxa de detecção do vírus

China começa a fazer exames tipo PCR com cotonetes inseridos via anal; método aumenta taxa de detecção do vírus

Os chineses estão fazendo a detecção do novo coronavírus no exame tipo RT-PCR de uma forma diferente do Brasil: enquanto aqui o cotonete é inserido no nariz, lá eles colocam por via anal. A notícia foi divulgada pelo jornal britânico The Guardian, com informações da TV estatal chinesa, CCTTV.

O método “pode aumentar a taxa de detecção de pessoas infectadas”, pois os traços do vírus permanecem mais tempo no ânus do que no sistema respiratório, segundo o médico sênior do hospital Youan de Pequim, Li Tongzeng, à CCTV. Os cotonetes anais são usados apenas para testar aqueles que têm um alto risco de contrair a Covid-19, como residentes de bairros com muitos casos confirmados da doença.

A emissora ressaltou, no entanto, que o PCR anal não está sendo usado ​​tão amplamente quanto outros métodos, pois a técnica “não era conveniente”. Alguns pequenos surtos em cidades do norte da China tem resultando em lockdown no país e geraram campanhas de testes em massa, mas foram conduzidas principalmente oferencendo o teste usual, com cotonete inserido na garganta e nariz.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde