outubro 29, 2020

970×90

Circos recebem liberação da Prefeitura para funcionar em Salvador

Circos recebem liberação da Prefeitura para funcionar em Salvador

A partir do dia 19 de outubro, segunda-feira, os circos que passam temporada na capital baiana estão autorizados a voltarem a funcionar. A liberação foi anunciada nesta sexta-feira (16) pelo prefeito ACM Neto durante a entrega da Estação Cidadania de Itapuã.

“Se voltamos com os cinemas, não tinha porquê não voltar com os circos. O limite máximo é de 100 pessoas, o circo que quiser e puder abrir, respeitando o limite máximo de 100 pessoas está autorizado a voltar”, afirmou o prefeito.

Com atividades paralisadas desde março, início da pandemia, os espaços que sobrevivem da renda da bilheteria tiveram uma queda drástica na arrecadação e no rendimento.

Em entrevista, Patrícia Amorim, funcionária do Le Cirque, que está há quase 8 meses preso em Salvador por causa da Covid-19, criticou a falta de assistência das autoridades para com a arte circense. Durante o período de paralisação, os funcionários do Le Cirque que não foram aprovados para receber o auxílio emergencial do Governo, tiveram que se virar com a venda de lanches típicos do circo e a produção de máscaras.

Apesar de autorizar o funcionamento dos circos, a prefeitura proíbe a retomada de atividades voltadas para o público infantil.

“Casa de festa infantil, aniversário de criança, batizado de boneca, tá tudo proibido. Festa infantil, evento específico voltado para o publico infantil continua proibido. Continuamos preocupados com o crescimento do número de casos junto as crianças. A taxa de ocupação dos leitos de UTIs pediátricos continuam em 67%, taxa de ocupação dos leitos clínicos pediátricos estão em 68%. Esse aumento foi na Bahia toda. Não vamos baixar a guarda, não vamos vacilar e nem brincar com a vida das nossas crianças e dos nossos jovens”.

Bahia.ba

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde