maio 08, 2021

970×90

Clínicas privadas terão que seguir plano nacional de vacinação, diz ministério

Clínicas privadas terão que seguir plano nacional de vacinação, diz ministério

A ordem de prioridade do Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19 terá que ser respeitadas por clínicas privadas. O alerta foi dado nesta segunda-feira (4), pelo ministério da Saúde, depois que Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC) informar que negocia a comprada Covaxin, da farmacêutica Bharat Biotech (IND).

“Os grupos prioritários, propostos pelo Ministério da Saúde em parceria com Conass e Conasems, devem, a princípio, ser obedecidos mesmo que haja integração de clínicas particulares de vacinação ao processo de imunização”, informou o ministério em nota. O Conass e o Conasems reúnem os secretários estaduais e municipais de Saúde.

A iniciativa da ABCVAC gerou reação adversas dos governos. Para o secretário de Saúde do governo baiano, Fábio Vilas-Boas, a vacinação tem que ser  democrática.”O compromisso dos fabricantes mundiais é vender inicialmente apenas para governos. Mesmo na hipótese de o governo federal não adquirir em tempo, havendo registro na Anvisa, os Estados o farão”.

Também na Bahia, o deputado independente Hílton Coelho (Psol) criticou a iniciativa da associação de clínicas. “Clínicas privadas estão comprando 5 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19. Ela é e deve ser direito de todos”.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde