outubro 27, 2021

970×90

Comissão avalia protocolos de segurança para o retorno às aulas nas escolas da rede municipal em Areia Branca

Comissão avalia protocolos de segurança para o retorno às aulas nas escolas da rede municipal em Areia Branca

Acompanhada da Comissão Intersetorial composta de pais de alunos, representantes do Conselho Municipal de Educação, Sindicato dos Profissionais em Educação (Asprolf) e profissionais da Secretaria Municipal de Educação (Semed), a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, deu sequência a vistoria das unidades escolares na manhã desta segunda-feira (11). Desta vez foram contempladas as escolas do bairro de Areia Branca.

A iniciativa tem como objetivo verificar a execução das estratégias de segurança, dentro das normas sanitárias vigentes estabelecidas por órgãos reguladores, para diminuir os riscos de disseminação do coronavírus entre alunos e funcionários no retorno às aulas semipresenciais.

“Nós estamos indo de escola em escola para garantir a segurança neste retorno dos alunos. Os profissionais estão se empenhando com muito carinho e estamos direcionando os pequenos reparos que precisam ser feitos  e que devem ser concluídos até o retorno previsto para dia 25. A data deve ser confirmada ainda esta semana. Inicialmente as aulas serão em esquema semipresencial”, disse Moema.

A vistoria iniciou na Escola Municipal Amauri Siqueira Montalvão e na sequência foram verificadas as escolas Centro Educacional Integrado de Areia Branca, Capiarara, Edvaldo Boaventura e Escola Esfinge, sendo concluída na Escola Municipal Capitulino dos Santos. Em todas as unidades a Semed instalou totens com álcool em gel, pias para lavagem das mãos na entrada das escolas, demarcação para distanciamento no chão e nas carteiras, aferição de temperatura e painéis com mensagens de orientação para prevenção da Covid-19.

O presidente da Asprolf, Valdir Silva, avaliou a iniciativa como positiva. “Essa medida é fruto da discussão democrática para que possamos voltar às aulas com segurança. Diferente de alguns municípios que impuseram de cima para baixo, aqui em Lauro de Freitas  mais uma vez foi respeitado o processo democrático para avaliação em conjunto com a categoria, governo e sociedade civil para verificar se há segurança neste retorno às aulas”, afirmou.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde