agosto 05, 2021

970×90

Conferência Municipal de Saúde aprova 223 propostas para Lauro de Freitas

Conferência Municipal de Saúde aprova 223 propostas para Lauro de Freitas

Ampliar a rede de atenção básica e especializada, intensificar a assistência residencial a pessoas com mobilidade reduzida e expandir o acesso a atendimentos a pacientes com doenças  crônicas. Essas foram algumas das 223 propostas apresentadas nesta quarta-feira (28), durante a 9ª Conferência Municipal de Saúde de Lauro de Freitas, pelos participantes dos quatro Grupos de Trabalho compostos por pessoas da sociedade civil usuárias do Sistema Único de Saúde, integrantes dos conselhos municipais, servidores da Prefeitura e delegados eleitos.

O encontro, que este ano abordou o tema  “Garantir o SUS e o Controle Social para vencer a Covid-19 e avançar nos desafios pós-Pandemia”, foi realizado pela Prefeitura de Lauro de Freitas em parceria com o Conselho Municipal de Saúde, de forma virtual. Durante todo o dia mais de cem participantes puderam sugerir melhorias para a área da saúde no município. 

“A Conferência é um espaço democrático e de construção coletiva, estamos abertos às propostas para juntos decidirmos o que for melhor para o nosso povo. Temos feito muito até aqui, mas muito ainda temos para fazer, por isso é importante a participação de todos”, destacou a prefeita Moema Gramacho em sua fala de abertura no evento.

O secretário municipal de Saúde, Augusto César Pereira, ressaltou os esforços e o desafio enfrentado pela gestão em reduzir a taxa de contaminação da Covid-19, aliado a oferecer atendimento rápido e eficiente para quem precisa.

“Podemos afirmar seguramente que enfrentamos um dos piores momentos da pandemia no início deste ano e, graças aos esforços de todos, estamos conseguindo atender os pacientes de forma humanitária e eficaz. Temos buscado manter o distanciamento social e as orientações para higiene adequada das mãos, além de outras ações como a testagem que é realizada para identificarmos o número de contaminados por amostragem e criar estratégias na tentativa de conter a contaminação”, afirmou.

A Conferência foi dividida em dois momentos importantes. Pela manhã, o evento contou com a participação do palestrante Márcio Natividade, professor doutor do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA. O convidado fez um resgate histórico sobre doenças infecciosas e seus impactos na humanidade em diferentes épocas.

À tarde os participantes optaram por integrar um dos quatro Grupos de Trabalho: (G1)Atenção Básica e Especializada, Assistência Farmacêutica; (G2)Vigilância em Saúde e Apoio Diagnóstico; (G3) Planejamento, Gestão e Financiamento, Gestão do Trabalho e Educação em Saúde; e (G4) Participação Social, Direito em Saúde e temas transversais e intersetoriais.

As propostas levantadas nos grupos e aprovadas na Conferência irão compor e subsidiar o Plano Municipal de Saúde do próximo quadriênio e demais instrumentos de saúde. “Este espaço é uma instância importante da democracia, onde nossos munícipes têm a oportunidade de dizer qual saúde queremos para Lauro de Freitas. Aqui reafirmamos a saúde pública e de qualidade para o nosso município”, declarou o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Antônio Roberto Santos.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde