abril 14, 2021

970×90

Consultoria estima que canais bolsonaristas no YouTube faturaram R$ 647 mil

Consultoria estima que canais bolsonaristas no YouTube faturaram R$ 647 mil

Um levantamento realizado pela consultoria Quaest, e divulgado pela coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, deste domingo (5), estima que 12 canais bolsonaristas de YouTube faturaram ao menos R$ 647 mil nos últimos três meses com a ferramenta de monetização de anúncios da plataforma.

Todos são alvos de investigação no Supremo Tribunal Federal (STF) no inquérito que apura a realização e financiamento de atos antidemocráticos. A estimativa leva em conta o dólar a R$ 5,45 e as métricas informadas pelo próprio YouTube.

Entre os que mais faturam estão os canais Foco do Brasil e Folha Política, que arrecadaram R$ 196 mil e R$ 164 mil respectivamente. Já os canais “O Giro de Notícias” e “Terça Livre”, do jornalista Allan dos Santos, aparecem na sequência, com ganhos estimados em R$ 95 mil e R$ 64 mil apenas no YouTube.

Na avaliação do cientista político Felipe Nunes, professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e diretor da consultoria Quaest, o levantamento aponta que o financiamento da política está sendo feito com a construção de conteúdos. Em nota encaminhada a publicação, o YouTube afirma que não comentará a investigação, que está sob sigilo.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde