dezembro 04, 2021

970×90

Consumo excessivo de energético pode desenvolver hepatite, diz artigo médico

O consumo excessivo de bebidas energéticas foi o provável causador de uma hepatite aguda em um norte-americano de 50 anos. O paciente passou a consumir muita bebida energética com o objetivo de “aguentar” seu trabalho na área de construção.

O rapaz consumiu todos os dias, durante três semanas, entre quatro e cinco garrafas de energético – cada uma tem o dobro do limite máximo recomendado de vitamina B3. “A hepatite foi provocada provavelmente por um consumo excessivo de bebidas energéticas e, em particular, de vitamina B3”, afirmaram autores de um artigo publicado no British Medical Journal.

O paciente relatou dor de estômago e vômito, com icterícia e urina escura, pelo período de duas semanas. Uma biópsia apontou hepatite aguda severa, com necrose e redução biliar.

Esse foi o segundo caso de intoxicação do fígado por energéticos que os médicos dos EUA identificaram. O primeiro foi diagnosticado em 2011.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde