dezembro 08, 2021

970×90

Conversa atribuída a Andrezinho revela “corpo mole” do Vasco na Série B; Meia nega

A rotina de Andrezinho foi alterada por uma visita à delegacia do Rio de Janeiro para prestar queixa no departamento de Repressão a Crimes de Informática (DCRI). No boletim registrado pelo meia do Vasco, na última terça-feira (8), ele nega ter sido autor de críticas ao cruzmaltino em uma conversa via Whatsapp atribuída a ele e compartilhada na internet.

“Eu me arrependo muito de ter vindo para uma m… de clube como esse”, teria dito o jogador. Para receber a seguinte resposta: “Faz o seu e se f… Você não é vascaíno mesmo”. 

“Fiz questão de prestar queixa porque me senti prejudicado e atingido. Foi uma montagem grosseira que fizeram, com coisas que eu jamais falaria”, afirmou o atacante por meio de sua assessoria. “Todos sabem do respeito que tenho ao Vasco da Gama e como me dedico a este clube. Agora está nas mãos da Polícia Civil. Fiz a minha parte enquanto cidadão”, reiterou.

O que circula nas redes sociais é que o ex-jogador do Botafogo teria desabafado com um amigo que jogadores da base “estão sem comida em casa” por conta dos salários atrasados, que levado aos atletas do time principal a “fazer corpo mole”.

A teoria da conspiração explica a queda de rendimento do clube presidido por Eurico Miranda na Série B do Brasileirão. Que de líder absoluto, virou 3º colocado e ameaçado de estar fora do G-4 há 3 rodadas do fim do Brasileirão.

andrezinho-whats-1

andrezinho-whats-2

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde