agosto 10, 2020

970×90

Coronavírus: Casos confirmados na China chegam a 7,7 mil, com 170 mortos

Coronavírus: Casos confirmados na China chegam a 7,7 mil, com 170 mortos

A Comissão Nacional de Saúde da China informou, no início desta quinta-feira (30) no país, noite de quarta-feira, (29), no Brasil, que o número de mortes vinculadas ao coronavírus passou de 132 para 170, uma elevação de 28,8% em 24 horas. As infecções confirmadas saltaram de 5.974 para 7.711, em um crescimento muito semelhante no mesmo período: 29%.

A rápida expansão dos registros é a principal razão para a convocação de uma reunião extraordinária da Organização Mundial da Saúde (OMS) para esta quinta-feira, na Suíça. Do encontro é esperado que saia uma declaração de emergência global de saúde pública, confirmando nova escalada da crise provocada pelo surgimento e pela rápida expansão da doença.

Nesta quarta-feira (29), vários países decidiram limitar viagens internacionais e adotar controles mais rígidos sobre a entrada de estrangeiros para tentar conter a expansão da doença. Diversas companhias aéreas globais – como American Airlines, British Airways e Lufthansa – anunciaram redução ou mesmo suspensão de voos de e para a China continental.

Estados e Japão receberam primeiros voos com cidadãos dos respectivos países evacuados da região de Wuhan, na província de Hubei, o epicentro da doença.

Três dos 206 japoneses repatriados pelo governo do país asiático testaram positivo para coronavírus, informou o ministro da Saúde do Japão, Katsunobu Kato, a uma comissão do Parlamento nacional.

A agência de notícias japonesa Kyodo News informou, já na manhã de quinta-feira, que “vários” passageiros de um segundo voo de retirada de cidadãos japoneses da região de Hubei (em um total de 210 repatriados) aterrissaram com sintomas ligados ao coronavírus, como tosse severa.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde