agosto 05, 2021

970×90

Covid-19: Lauro de Freitas imunizou idosos com 60 anos ou mais neste sábado (17). Vacinação é suspensa neste domingo (18)

Covid-19: Lauro de Freitas imunizou idosos com 60 anos ou mais neste sábado (17). Vacinação é suspensa neste domingo (18)

Com fluxo tranquilo, Lauro de Freitas iniciou a vacinação de idosos com 60 anos ou mais neste sábado (17), nos quatro pontos específicos para a imunização instalados na cidade. A ação foi retomada após o município ser contemplado com 3.130 doses da Oxford/Astrazeneca, para a 1ª dose, e 2.530 da Coronavac, para a 2ª dose, na tarde da última sexta-feira (16).

Às 11h a Secretaria Municipal de Saúde já havia zerado a fila para imunização de idosos com 61 anos ou mais e, ao meio dia, deu início a vacinação para idosos com 60 anos ou mais. A agilidade, segundo o titular da pasta, é reflexo do empenho da equipe. “Estamos empenhados e contando com o apoio dos agentes de endemias, os agentes comunitários de saúde, ajudando e os técnicos de enfermagem e enfermeiro, participando do nosso dia-a-dia”, afirmou Augusto César Pereira.

No fim da vacinação deste sábado, 2.174 pessoas, público alvo da 1ª fase, receberam a 1ª dose do imunizante, e 51 pessoas receberam a 2ª dose. O município alcançou a marca de 25.288 vacinados em 1ª dose e 7.736 vacinados em 2ª dose. Neste domingo (18), a vacinação contra a Covid-19 será suspensa em Lauro de Freitas, retornando na segunda-feira (19) para profissionais de saúde de clinicas particulares, idosos acamados e quilombolas.Esses públicos serão vacinados in loco.

*Emoção e expectativa*

Por volta das 9h, dona Maria de Lurdes Alves, 61, aguardava ansiosa para receber a primeira dose do imunizante na Escola Esfinge, em Areia Branca. O tempo entre a triagem e a aplicação durou cerca de cinco minutos. “A expectativa estava alta. Ainda bem que não peguei fila, foi rapidinho. Quanto à vacina, o dia de hoje representa muito, mais saúde, esperança e o início do fim de uma agonia que tem mais de ano”, disse.

No local, os profissionais de saúde relataram que o momento é muito representativo para eles, principalmente por vivenciar os reflexos da pandemia de perto. “Aqui é tudo muito intenso, emocionante. A vacinação nos proporciona viver momentos únicos e gratificantes”, disse a enfermeira Núbia Santiago.

Dona Edinir Gonçalves, 77, garantiu a sua primeira dose da vacina no drive localizado no Ginásio de Esportes de Aracuí. Ela foi infectada pela Covid-19 no período de vacinação da sua faixa etária. A idosa contou com o apoio do genro e da filha Kátia Galo, neste dia especial. “Hoje eu me sinto bem depois de passar por essa doença e ter vida e saúde pra vir aqui ser vacinada. Só resta agradecer pela oportunidade”, afirmou.

Emocionada, Dona Maria Durvalina, 61, anos estava acompanhada do esposo no drive do Terminal Rodoviário, em Portão. Para ela, o momento representou o início de uma nova etapa em sua vida. “É uma alegria que faltam palavras pra definir. É uma alegria enorme ser vacinada contra essa doença que já vitimou muitos amigos e conhecidos”, contou a idosa, enquanto o companheiro registrava o momento.

A manhã deste sábado para dona Carmelina Maria de Jesus, 61, foi classificada como inesquecível. A idosa contou que esperou bastante pelo momento da vacinação, que guardará para sempre em sua memória. “É um dia sem igual. Dia de alegria, de fé e de agradecer por estar viva e ter a oportunidade de ser vacinada”, disse dona Carmelina, na Quadra da Escola 2 de Julho, em Itinga.

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde