outubro 18, 2019

970×90

Curso capacita cuidadores para atuarem na rede municipal de ensina

Curso capacita cuidadores para atuarem na rede municipal de ensina

Teve início nesta sexta-feira, dia 24, o Curso de Capacitação para Cuidadores da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas. O objetivo é atualizar todos os 210 cuidadores da rede para atuarem com os educandos deficientes matriculados nas unidades, ampliando a excelência dos serviços públicos prestados à comunidade. Ao todo, serão quatro oficinas que ocorrem até o próximo dia 28, somando um total de 20 horas. Os participantes que tiveram a frequência mínima de 90% receberão certificados.

Promovido pela Secretaria Municipal de educação (Semed), a qualificação tem como temáticas a educação e o trabalho na escola; as relações interpessoais com o deficiente; o sujeito do meu trabalho sobre a ótica médica; e produzindo conhecimento nas relações espaço, casa, escola. Na rede municipal, há 719 educandos com deficiência, 52 a mais que no ano passado. De acordo com o Núcleo de Educação Especial da secretaria, este acréscimo deu-se pela transferência de estudantes da rede privada e educandos oriundos de Salvador.

Lauro de Freitas cumpre as determinações expressa na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, 9394/96, e na Lei Brasileira de Inclusão de Pessoas com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência) de nº 13.146. A primeira considera que “os sistemas de ensino devem matricular todos os alunos cabendo às escolas organizarem-se para o atendimento ao educando com necessidades educacionais especiais, assegurando as condições necessárias para uma educação de qualidade para todos”.

Já o artigo 4º do Estatuto da Pessoa com Deficiência, estabelece a dimensão técnica e humana dos cuidadores. São funções desses profissionais valorizar o aluno frente as suas ações, com respeito a seu ritmo e seus limites; agir pedagogicamente, no acompanhamento do educando, durante os exercícios; ficar atentos a aspectos como números de vezes de ida ao sanitário, recomendações médicas, se o aluno já chegou machucado ou se machucou durante o período na escola bem como a autorização dos pais para o consumo da merenda escolar.

Ainda, o cuidador deve informar aos professores sobre as dificuldades observadas nos alunos, facilitar a inclusão do educando no ambiente escolar e ajudá-lo na locomoção, alimentação e realização da higiene pessoal, além de mediar as suas atividades escolares.

ASCOM/PMLF SEMED

24/05/2019

Tel.: 3288 8371

www.laurodefreitas.ba.gov.br

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde
%d blogueiros gostam disto: