abril 09, 2020

970×90

Curso ensina preparo de acarajé e abará para beneficiárias do Programa Bolsa Família

Curso ensina preparo de acarajé e abará para beneficiárias do Programa Bolsa Família

O cheiro dos temperos da culinária da Bahia, que conquista o paladar de turistas e filho da terra, tomou conta dos corredores do SENAC na manhã desta quinta-feira (13). As receitas de iguarias como abará, acarajé e acará estão sendo ensinadas a beneficiárias do Bolsa Família. O curso é uma das ações do Programa Saber em Ação, desenvolvido pela Prefeitura por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEMDESC), em parceria com o SENAC.

Com treze anos de experiência em gastronomia, o professor Vinicius Soares garante que mesmo tratando-se de receitas tradicionais, que fazem parte da história da Bahia, há espaço para inovar. “A gastronomia está sempre vinculada à inovação, por isso eu sempre tento trazer para elas uma forma diferente de preparar e de comercializar, sem promover alterações na estrutura tradicional das receitas, que são patrimônio dos baianos.” Desta vez a novidade ficou por conta do abará preparado com caldo de bacalhau.

A nova receita do abará surpreendeu Eliana dos Reis Castro. Mãe de dois filhos e grávida do terceiro, ela pretende comercializar o abará no Residencial do Minha Casa Minha Vida do Capiarara, onde mora. “O que mais me chamou atenção até agora foi o caldo de bacalhau para preparação do abará, que eu não conhecia. Já trabalho com abará e acarajé há 16 anos, mas sou auxiliar, estou aprendendo agora para montar meu ponto, porque o mercado de trabalho está muito disputado.”

Além do preparo do abará e do acarajé, as alunas estão aprendendo a preparar as guarnições que completam o tabuleiro das baianas, a exemplo da pimenta e do molho a campanha, a famosa salada ou vinagrete. Noções de higiene, manipulação de alimentos, de compra e venda, também fazem parte do curso, realizado na unidade do SENAC de Lauro de Freitas, na Avenida Beira Rio, com duração de quatro dias e carga horária de aproximadamente 16 horas.

Miriam Silva de Assis, da Itinga, está participando das aulas para aprender a fazer o vatapá. Eu não sabia fazer porque atualmente só trabalho com abará, mas quero vender acarajé para ter uma renda maior. Vendo abará nos ônibus com meu marido, mas temos três filhos e precisamos de uma renda maior. O Bolsa Família ajuda muito, principalmente para comprar comida para a família, material escolar para os meus filhos, e mais alguma coisa, mas ainda é pouco, por isso vim aproveitar essa oportunidade.”

Saiba mais sobre o projeto

O Projeto Saber em Ação é dividido em quatro ciclos. As turmas do primeiro ciclo, que contou com cursos de produção de pizzas e panetones, e informática básica, receberam os certificados em janeiro. O primeiro ciclo também conta com cursos de pedreiro e vigia. No segundo ciclo do projeto, já foi iniciado o curso de assistente administrativo. O curso do preparo de acarajé e abará fazem parte do terceiro ciclo, que também terá cursos para preparação de pães tradicionais e sequilhos.

Uma terceira etapa vai oferecer os cursos de cabeleireiro assistente, técnicas de manicure, produção de bombons, trufas e ovos de Páscoa, com início em março, abril e julho. No último ciclo, previsto para maio e junho, serão disponibilizadas capacitações para agente de limpeza e conservação, técnicas de confeitaria, salgados comerciais e brigadeiro gourmet.

Jornalista Rodrigo Castro

Fotos: Edgard Copque

ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas

13/02/2020

71 3288 8371

www.laurodefreitas.ba.gov.br

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde