abril 14, 2021

970×90

De virada, Bahia bate Santos por 3 a 1 e cola no G-7

De virada, Bahia bate Santos por 3 a 1 e cola no G-7

Em jogo quente, o Esporte Clube Bahia conquistou mais três pontos importantes no Campeonato Brasileiro ao vencer o Santos, de virada, por 3 a 1, em partida disputada na noite desta quinta-feira (16), na Arena Fonte Nova.

Com o resultado positivo, o Tricolor permaneceu na 9ª posição na tabela do torneio, com 49 pontos. No entanto, o Esquadrão se aproximou mais da zona de classificação para a Libertadores e está a um ponto do Flamengo, que assume o 7º lugar.

Primeiro tempo – Os anfitriões começaram com tudo no ataque. Logo no início do jogo, o atacante Mendoza fez boa jogada e cruzou em direção à área, porém o goleiro Vanderlei subiu e ficou com a posse. Na sequência, foi a vez dos visitantes. O meia Lucas Lima fez belo lançamento para Ricardo Oliveira, que bateu de primeira. A bola foi nas mãos de Jean.

Aos 16 minutos, gol do Santos. Depois de uma bobeira da zaga tricolor, o atacante Bruno Henrique apareceu sozinho entre os marcadores e empurrou para dentro. Após inaugurar o marcador, o Peixe começou a gostar do jogo. Aos 19, Ricardo Oliveira recebeu pela esquerda, entrou na área e bateu cruzado. A bola passou muito próxima da meta.

Aos 21 minutos, Zé Rafael invadiu a área santista e foi derrubado. Pênalti para o Bahia. Mendoza cobrou e deixou tudo igual na Fonte Nova.

Aos 33, falta perigosa a favor do Bahia. O goleiro Jean se aproximou para fazer a primeira cobrança como profissional. O camisa 1 do Esquadrão chutou forte, mas a bola desviou na barreira e foi para escanteio. Sem grandes lances, o árbitro encerrou a etapa.

Foto: Marcelo Malaquias/EC Bahia

Segundo tempo – O técnico Paulo César Carpegiani preferiu não fazer mudanças na equipe durante o intervalo.

Aos 9 minutos, depois de um contra-ataque fulminante, foi a hora da virada do Tricolor. Após cruzamento de Zé Rafael, o meia Alison, do Santos, tentou cortar e mandou contra o próprio patrimônio. Festa azul, vermelha e branca nas arquibancadas.

Aos 15, grande chance desperdiçada pelo time alvinegro. O centroavante Vladimir Hernández cruzou pela direita e Ricardo Oliveira ganhou no alto. O atacante trabalhou com Bruno Henrique, que finalizou. A bola passou muito próxima do gol e assustou os tricolores.

Aos 33 minutos, pênalti para o Bahia. Edigar Junio recebeu dentro da área cara a cara com Vanderlei, mas foi derrubado pelo lateral Jean Mota. O próprio atacante fez a cobrança e ampliou o placar. Sem tempo para mais nada, o árbitro catarinense Sandro Meira Ricci encerrou o duelo: 3 a 1 para os donos da casa.

Sequência – Agora, o próximo compromisso do Esquadrão será diante do Sport Recife. As equipes se enfrentam no domingo (19), às 16h (horário local), na Ilha do Retiro, em Pernambuco.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde