novembro 30, 2021

970×90

Defesa diz que tiro de advogado que matou namorada no Rio Vermelho foi acidental

Defesa diz que tiro de advogado que matou namorada no Rio Vermelho foi acidental

O advogado Domingos Arjones, que integra a defesa do advogado criminalista José Luiz de Britto Meira Júnior, que foi preso em flagrante na madrugada deste domingo (17) após assassinar a namorada, Kesia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, na Rua Barro Vermelho, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, disse ao BNews que o tiro foi acidental.

“Ele alega que foi fruto de uma discussão, uma desavença, e infelizmente aconteceu o disparo acidental. Todos os indicíos apontam para isso. Ele está lesionado. Tem histórico de violência recíproca, infelizmente culminou nisso”, disse. Segundo Arjones, o cliente tem porte de arma.

A vítima chegou a ser socorrida pelo advogado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas chegou sem vida à unidade de saúde. O suspeito fugiu em seguida, mas foi localizado cerca de uma hora após o homicídio.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde