maio 16, 2021

970×90

Denúncia: pedaladas fiscais com cancelamento de empenhos e liquidações em 31 de dezembro são reveladas em Madre de Deus

Denúncia: pedaladas fiscais com cancelamento de empenhos e liquidações em 31 de dezembro são reveladas em Madre de Deus

Créditos das imagens: Robson Pierre

A cidade de Madre de Deus, na região metropolitana de Salvador, apresenta um cenário ainda mais devastador que se amplifica com a pandemia. Além de combater o vírus mortal na cidade, o prefeito Dailton Filho (PSB) terá que lidar com a depredação do patrimônio público e a inviabilidade financeira protagonizados pela gestão anterior sob responsabilidade do ex-prefeito Jailton Santana.

A “herança macabra” deixada pelo ex-prefeito foi citada durante o discurso na abertura dos trabalhos do Legislativo, na manhã de ontem (1•). “Os resultados da velha política estão aí. Uma prefeitura que gasta mais do que arrecada, sem nenhuma responsabilidade fiscal, para sustentar a fantasia da distribuição de cargos. Um bola de neve de fraudes contábeis que se acumulou ao longo do tempo e que expõe a total irresponsabilidade e ganância de quem comandou a prefeitura nos
últimos anos”, denunciou Dailton Filho.

Segundo afirmou o prefeito, a gestão anterior deixou cerca de R$15 milhões de reais em débitos com escrituração cancelada no último dia 31 de dezembro, além de não pagar os programas sociais para privilegiar as rescisões de apoiadores políticos. Acrescente-se ao rombo, o sequestro de verbas pela falta do pagamento de obrigações previdenciárias. Os débitos do município ultrapassam a ordem de R$ 65 milhões de reais.

Para viabilizar o funcionamento da máquina administrativa, Dailton Filho anunciou uma série de medidas de austeridade junto com uma reforma administrativa. “O primeiro passo nessa direção é a restruturação da gestão, que começará com uma serie de decretos com restrições de gastos, recadastramento e auditoria da folha de pessoal, cancelamento de pagamentos e despesas. Cortaremos na carne e tomaremos medidas duras para resgatar nossa credibilidade financeira e desempenho fiscal. E vamos ser rigorosos na apuração das irregularidades praticadas. Serão atos necessários para a retomada da capacidade financeira do município”, sinalizou.

Além das medidas de cunho fiscal, Dailton garante a retomada social em Madre de Deus. “Estamos trabalhando para viabilizar o processo de retomada do desenvolvimento econômico na fase pós pandemia. Executaremos o ProMadre que será o maior programa de obras de toda a história de Madre de Deus, que em sua totalidade vai exigir investimentos significativos”, apontou.

Covid – Dailton Filho falou sobre a ação da Prefeitura no enfrentamento da pandemia e vacinação da população. “Teremos o programa Travessia, que vai
garantir a todas as famílias em situação de vulnerabilidade social, um benefício mensal de trezentos reais para serem gastos exclusivamente no comércio e serviços locais, no período em que ainda persistir os efeitos da Covid-19. Iniciamos o processo de vacinação e
estamos prontos para vacinar toda a nossa população. Todas as providências, nesse sentido, foram tomadas. Os insumos necessários, como seringa e os freezers já estão providenciados,  assim como toda a equipe apta a vacinar está devidamente preparada. À medida que as vacinas forem sendo disponibilizadas,
vamos rapidamente cumprir a cobertura de imunização”, finalizou Dailton Filho.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde