Deputado Hassan cobra providências da ANTT para evitar novas tragédias na BR-116. Estatística é assustadora

 Deputado Hassan cobra providências da ANTT para evitar novas tragédias na BR-116. Estatística é assustadora

Analisando estatísticas da Polícia Rodoviária Federal da Bahia (PRF) sobre acidentes e mortes na BR-116, “administrada” pela ViaBahia, o deputado municipalista Hassan (PP) lamentou o estado de abandono dessa rodovia, e afirmou que “a perspectiva é sombria, os números causam preocupação. Se a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) não intervir no contrato de concessão com a ViaBahia, vamos, infelizmente, lamentar a perda de muito mais vidas”. De acordo com a PRF, somente em janeiro de 2023 ocorreram 37 acidentes no trecho sem duplicação da BR-116, com quatro mortos, enquanto que em janeiro deste ano, 2024, já aconteceram 52 acidentes, com 24 vitimas fatais.

Reafirmando que vai intensificar a luta pela retomada das obras de duplicação da BR-116, Hassan informou que “assim que retornarmos às atividades parlamentares, ainda nesta semana, vamos propor aos deputados da Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo da Alba uma nova audiência na ANTT, para cobrar providências contra o descaso da ViaBahia e a retomada das obras de duplicação”.

Números da PRF, fechados nesta segunda-feira (29), revelam que em janeiro do ano passado, no trecho duplicado da BR-116, de Feira até o Paraguaçu, ocorreram 11 acidentes, sem registro de vítimas fatais. Em janeiro desse ano, 2024, nesse mesmo trecho, foram seis acidentes, também sem óbitos. Ou seja, isso demonstra que na rodovia onde foi feita a duplicação, a possibilidade de acidentes é infinitamente menor, avalia Hassan.

“Até quando vamos conviver com mortes diárias em nossas estradas, provocadas pela omissão, desmandos e irresponsabilidade desta que é a pior concessionária do Brasil, diante do silêncio da ANTT?”, questiona Hassan. Ele lembra que há um ano vem lutando e chamando a atenção para que a ViaBahia honre o contrato que assinou com o Ministério dos Transportes e cumpra suas obrigações, dentre elas a duplicação da BR-116, do Paraguaçu até a divisa com Minas Gerais.

O parlamentar afirma que é inaceitável que a situação persista dessa forma. “Não podemos permitir que mais mortes aconteçam nas nossas estradas. A ViaBahia precisa ser responsabilizada, a ANTT tem o dever de tomar providências, e o judiciário precisa dar seguimento nas ações contra a concessionária que correm há anos sem soluções.

Ele questiona “quantas mais vidas brasileiras serão necessárias para que esta situação tenha fim?” E finaliza afirmando que “os órgãos de controle, que foram inclusive provocados por nós, precisam vir a público explicar a situação. A ViaBahia precisa explicar a sua omissão. Basta dessa barbárie nas estradas. Basta de mortes. Ninguém aguenta mais”.

Deixe uma resposta

Descubra mais sobre LF News -

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading