dezembro 01, 2020

970×90

Desembargador que humilhou guarda volta a sair sem máscara e ironiza servidores

Desembargador que humilhou guarda volta a sair sem máscara e ironiza servidores

O desembargador Eduardo Siqueira, do Tribunal de Justiça de São Paulo, que ficou conhecido por ter sido flagrado humilhando um guarda civil municipal em Santos (SP), foi visto, mais uma vez, caminhando sem máscara em uma praia. 

A moradora que captou as imagens do magistrado na manhã desta quarta-feira (5) afirmou ao G1 que o desembargador estava com a proteção facial no pescoço enquanto falava ao celular. Ao ser questionado pelo site sobre o vídeo, Siqueira disse que a moradora deveria fazer uma acusação por escrito, autenticada, para que ter certeza de que era ele. “Eu não me lembro. Provavelmente não era eu”, disse. 

Siqueira afirmou que no dia que as imagens foram feitas ele estava trabalhando, a partir das 13h30. O vídeo, no entanto, foi feito pela manhã. Nas cenas é possível ver que ele caminha com a mesma bermuda do dia em que foi abordado pelos servidores. Por áudio, o magistrado debochou do trabalho dos guardas. 

“Uma coisa que eu ignoro são essas viaturas da guarda, esses meninos para cima e para baixo. Não dou a menor bola para eles, é um desprazer ver eles estragando, destruindo, poluindo a praia”, comentou.

 Histórico

Siqueira tem mais de 40 processos contra si na corregedoria do Tribunal de Justiça de São Paulo. Atendendo ao pedido do corregedor Nacional da Justiça, ministro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Humberto Martins, o TJ-SP enviou uma certidão com todos os procedimentos disciplinares anteriormente instaurados contra ele. O histórico do desembargador já havia sido noticiado pela imprensa, após a repercussão do caso.

No último dia 18, quando foi abordado por um guarda municipal que o multou por não estar usando máscara [descumprindo o decreto municipal], Siqueira humilhou o agente, chamou de analfabeto e rasgou a multa que havia sido aplicada.

Bnews

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde