junho 13, 2021

970×90

Drogas enviadas de Lauro de Freitas por encomenda nos Correios são apreendidas pela polícia

As encomendas tinham como destino cidades localizadas nos estados de São Paulo e Sergipe, com remetentes de Lauro de Freitas e dos bairros da Barra e Itapuã, em Salvador
Um quilo e seiscentos gramas de maconha foi apreendido, nesta sexta-feira (18), durante ação do Departamento de Repressão e Combate ao Tráfico de Drogas (Draco), em uma das distribuidoras dos Correios, em Salvador. Com o objetivo de interceptar drogas que saem da Bahia para destinos diversos, o departamento contou com o apoio da Coordenação de Operações Especiais (COE), da Polícia Civil, que disponibilizou cães farejadores.
As encomendas tinham como destino cidades localizadas nos estados de São Paulo e Sergipe, saindo dos bairros da Barra e Itapuã, em Salvador, e do município de Lauro de Freitas. Os remetentes identificados serão intimados para prestar esclarecimentos, enquanto que os destinatários, quando de outros estados, devem ser convocados a partir de carta precatória, encaminhada a delegacia da região.
Segundo o delegado Marcelo Novo, do Draco, há um ano o departamento realiza essa parceria com os Correios, tendo como objetivo identificar transações de drogas realizadas nesta modalidade. “Durante esse tempo já foram encontradas drogas como ecstasy, lança perfume, maconha e LSD”, explicou Novo, se referindo a cerca de 40 correspondências que já foram interceptadas ao longo dessa ação.
Ainda de acordo com o delegado, a maioria das encomendas tem como destino cidades do sudeste do país, localizadas em Minas Gerais e São Paulo. A ação acontece duas vezes por semana, em dias distintos, em alguma das distribuidoras da Empresa de Correios e Telégrafos. “Antes apenas embalagens suspeitas, ou que eram identificadas pelos raios-X, eram interceptadas. Agora, com o apoio dos cães, ficou mais fácil coibir o tráfico nessa modalidade”, destacou o delegado.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde