setembro 26, 2021

970×90

Durante três dias, Programa Capacita Mulher incentiva empreendedorismo feminino em Lauro de Freitas

Durante três dias, Programa Capacita Mulher incentiva empreendedorismo feminino em Lauro de Freitas

Ao lado da filha Natália Santana, 26, e da neta Isabela, de quatro meses, a autônoma Solange Barbosa, 45, assistiu atentamente a primeira aula do Programa Capacita Mulher, idealizado pela Secretaria Municipal de Política para Mulheres (SPM) para incentivar o empreendedorismo feminino. A qualificação tem cerca de 60 participantes e ocorre no Colégio 2 de Julho, em Itinga, desta quarta-feira (18) até sexta-feira (20), das 9h às 12h.

Durante o curso, uma parceria entre a SPM e Uninassau, as mulheres terão acesso a conteúdo de planejamento empresarial e financeiro; empreendedorismo feminino; mulher no mercado de trabalho e informações de como se tornar uma empreendedora. Ao final da qualificação, as alunas terão certificado de participação com carga horária de 9h.

Solange contou que, com os conhecimentos adquiridos na oficina, pretende dar início ao sonho de montar uma loja de moda fitness. “Eu estou aqui para pegar algumas dicas para montar um novo negócio e garantir, de vez, a minha independência financeira e a da minha filha”. Há quase dois anos ela e a filha administram um bar, que funciona na própria residência da família, no bairro de Vida Nova.

Quem também pretende unir a teoria à prática é a autônoma Jamile Ribeiro, de 26 anos. Ela ficou desempregada com a pandemia e viu na qualificação a oportunidade de repaginar a vida profissional através do empreendedorismo. “Vou retomar o projeto de montar uma loja virtual de moda íntima. Vou começar a planejar e organizar tudo direitinho, como aprendi hoje, para dar tudo certo”, afirmou a jovem.

O projeto nasceu a partir da necessidade que a pasta identificou, através de estudos, que as mulheres laurofreitenses precisam de capacitação e preparação para se fortalecerem para o mercado de trabalho, conforme explicou a titular da SPM, Juçara Neves. “Entendemos que através do conhecimento, todas mulheres terão autoestima e autonomia para não se submeterem a nenhum tipo de violação dos seus direitos”, disse.

A secretária ainda ressaltou que o curso é uma oportunidade para que mulheres alcancem voos maiores. “Desejamos que todas as participantes aproveitem esta oportunidade e deem início a virada de chave da vida delas, pois o conhecimento é a principal arma que temos para enfrentar todos os obstáculos que a vida nos impõe”, completou.

Além da capacitação, as mulheres também podem desfrutar do balcão Compre das Minas, iniciativa voltada a exposição de produtos e serviços de mulheres empreendedoras; unidade móvel do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC), da Uninassau, para serviços de conciliação e mediação, além de um balcão composto por profissionais de marketing da instituição para apresentar os cursos disponíveis na instituição às participantes.

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde