maio 08, 2021

970×90

Eleições para a Confederação Brasileira de Surf sob a mira da Justiça

Eleições para a Confederação Brasileira de Surf sob a mira da Justiça

O Tribunal de Justiça da Bahia concedeu hoje uma liminar suspendendo a eleição da Confederação Brasileira de Surf a pedido da Federação Pernambucana de Surf, da Federação de Surf do Espírito Santo, da Federação Paraibana de Surf, da Federação Sergipana de Surf, da Federação de Surf do Estado de Alagoas e da Federação de Surf do Estado do Ceará.

Além de várias irregularidades na convocação para a eleição, desrespeitando a Lei Pelé e o próprio Estatuto da entidade, colocando em risco o aspecto democrático da eleição e a real representatividade das Federações e Atletas, o objetivo principal da ação é justamente garantir a votação online, como determina a Lei Pelé, permitindo maior participação, sem aglomeração nesse momento crescente de casos de COVID-19, com enorme número de óbitos.

A liminar foi ganha pela Dra. Lizandra Colossi Oliveira, Presidente da Comissão de Mediação, Arbitragem e Práticas Colaborativas da OAB BA, que foi escolhida para cuidar da ação pelo escritório Trengrouse.Gonçalves Advogados, maior referência do Direito Desportivo no Brasil.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abaixo de Saúde