“Eles tentam distorcer minha fala”, afirma Rosalvo, sobre discurso distorcido pela oposição em evento de pré-candidato

 “Eles tentam distorcer minha fala”, afirma Rosalvo, sobre discurso distorcido pela oposição em evento de pré-candidato

Na noite de quarta-feira, (08), o pré-candidato à prefeito de Lauro de Freitas, Antônio Rosalvo, participou do lançamento da pré-campanha de Pipo, que é pré-candidato à vereador pelo MDB.

No entanto, em seu discurso, Rosalvo falava que os buracos na cidade estavam sendo tapados, só que a oposição, tenta distorcer a fala do prefeiturável.

Evento de Pipo, casa cheia

“Quem me conhece sabe que esse discurso é infundado e não procede, porque eu tenho uma relação respeitosa com todos e todas”, afirmou Rosalvo.

“Eles tentam distorcer minha fala, onde afirmei que estamos tapando todos os buracos, e consequentemente, iremos calar suas bocas raivosas”.

Rosalvo no evento de Pipo

“A política feita por essa oposição que aí está não prioriza Lauro de Freitas, são argumentadores raivosos que geram dia após dia críticas destrutivas  contribuindo apenas para um discurso de ódio sem oferecer nada construtivo para a cidade”.

“Diariamente, produzem notícias falsas, conta a minha pessoa e já estamos juntando tudo e no momento certo iremos a justiça, eles(a) são especialistas em acusações infundadas. Suas práticas são tentar atingir as reputações alheias, com agressões físicas e verbais inclusive a prefeita desta cidade, uma figura pública que construiu uma relação sólida com a população ao ser eleita quatro vezes neste município”.

“Podem tentar mais, mas não conseguirão. O desespero deles está latente em cada linha desse  lamento de derrotados que não tem em sua história nada pra apresentar como construtivo para o povo desta cidade”, ressaltou Rosalvo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todo o conteúdo deste portal é protegido por leis de direitos autorais. Para republicação ou uso, entre em contato com nossa equipe de suporte.