dezembro 04, 2021

970×90

Em alusão ao Outubro Rosa, Feira de Saúde da Mulher promoveu serviços, consultas e marcação de mamografia em Lauro de Freitas

Em alusão ao Outubro Rosa, Feira de Saúde da Mulher promoveu serviços, consultas e marcação de mamografia em Lauro de Freitas

Cerca de 150 mulheres foram à Praça da Matriz, no Centro de Lauro de Freitas, para buscar os serviços disponibilizados na Feira de Saúde da Mulher, nesta terça-feira (26). A ação, em alusão ao Outubro Rosa, foi idealizada pela Secretaria Municipal de Política para Mulheres (SPM), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SESA) e apoio da Unime.

Mais de 130 mulheres realizaram testes rápidos para sífilis, HIV e hepatites B e C. Dados da SESA indicam que mais de 70 mulheres tomaram uma das doses de vacinas disponíveis para hepatite, DT, febre amarela, tríplice e hepatite B. O evento também ofertou aferição de pressão corporal, serviços nutricional, psicológico e jurídico disponibilizados pela Unime, além de consultas com médicos clínicos e especialistas, exames preventivos e marcação para mamografias.

A dona de casa Edlúcia Santos Lima, 41, foi ao local para marcar exame de mamografia. Aproveitou e também realizou testes rápidos para Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) e elogiou o trabalho. “Para nós, que enfrentamos dificuldade para ter esses serviços, contar com essa feira é maravilhoso. Dá para resolver várias coisas em um só lugar. Aqui está bem organizado e com pouco tempo de espera”, contou.

Já a cozinheira Ana Lúcia Moreira, 48, foi ao espaço para agendar ultrassom mamária e obter maiores informações sobre o câncer de mama. “Eu também aproveitei para passar no serviço jurídico, peguei também algumas dicas nutricionais e agora estou aqui aguardando para marcar esses exames. Valeu a pena ter vindo aqui conferir esses serviços. Estão de parabéns”, afirmou.

A Feira atende aos anseios do público que precisa de serviços voltados à saúde feminina e tem dificuldade para encontrar atendimento por causa da pandemia. Juçara Neves, titular da SPM, destacou que o evento cumpriu o papel social de ofertar diversos serviços, em um só lugar, para as mulheres que mais precisam.

“A Feira de Saúde da Mulher veio para atender as dificuldades das mulheres, sobretudo aquelas que vivem em situação de vulnerabilidade. Eventos como esses possibilitam que elas se previnam contra o câncer de mama e de útero, e se cuidem. Portanto, o balanço que fazemos é muito positivo”, pontuou a gestora.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde