maio 19, 2022

970×90

Em Lauro de Freitas, Conder inicia obra emergencial de drenagem na localidade do Chafariz

Em Lauro de Freitas, Conder inicia obra emergencial de drenagem na localidade do Chafariz

Uma obra de caráter emergencial foi iniciada, nesta segunda-feira (02), na Travessa São Bernardo, na localidade do Chafariz, em Lauro de Freitas. A intervenção, que se concentra na drenagem para transportar águas da chuva, está sendo executada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER). A Prefeitura Municipal acompanha a obra que busca reduzir alagamentos na região.

Segundo Jorge Lima, engenheiro fiscal da Conder, a obra emergencial consiste em valetas a céu aberto e galerias em concreto no trecho da Travessa São Bernardo. “A solução definitiva virá com a implantação do Canal do Japonês, que inclui a execução de 800 m de aduelas em concreto, com seção de 2,00×1,10m. Este canal fará ligação com o Canal da Lagoa dos Patos. Ambos fazem parte da macrodrenagem dos Rios Ipitanga e Joanes” explicou.

“Por uma questão de engenharia, o Canal do Japonês deve ser o último a ser concluído, o que deve acabar com os alagamentos naquela região, mas até sua conclusão, a CONDER está realizando estas obras emergenciais para garantir que o local possa ter o escoamento da água das chuvas”, declarou o secretário municipal de Infraestrutura, Roque Fagundes. Nesta terça (3), o gestor vai realizar uma visita às obras da localidade do Chafariz e a outras em execução na cidade.

O secretário chefe de gabinete, Lula Maciel, reforça que a solução dos alagamentos é uma preocupação constante da Prefeitura. “Entramos em contato com a Conder, que já executa obras de macrodrenagem no município, para realizar essa intervenção, a fim de minimizar os impactos das chuvas. Esta é uma obra paliativa, não é ainda a obra conclusiva, onde teremos a construção do canal de macrodrenagem desta região, que vai da Boca do Vulcão, Chafariz, Lagoa dos Patos e Parque Ipitanga”, relatou.

A casa de Genilda dos Santos é uma das construídas na margem do Canal do Japonês, na Travessa São Bernardo. Nas últimas chuvas ocorridas no município, a residência dela ficou completamente alagada. “Foi água como eu nunca tinha visto antes, chegou na altura da minha cama. A gente sabe que a natureza se revolta, mas eu fico mais aliviada em ver que começaram esta obra, mesmo que emergencial, para resolver nossos problemas”, relatou a moradora.

Macrodrenagem
A obra de macrodrenagem do Rio Ipitanga e Joanes, executada pela Conder em Lauro de Freitas, já reduziu de modo expressivo o nível de alagamento no município e facilitou o escoamento da água nas últimas chuvas. Dos seis reservatórios previstos no projeto quatro já estão prontos. As unidades recebem o excesso de água da chuva e vão liberando aos poucos à medida que o nível do rio baixa evitando as enchentes,

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde