agosto 05, 2021

970×90

Em Lauro de Freitas, estabelecimentos cumprem decreto e município registra baixo número notificações no final de semana

Em Lauro de Freitas, estabelecimentos cumprem decreto e município registra baixo número notificações no final de semana

Durante o sábado (10) e domingo (11), dois bares foram notificados por descumprir decreto de medidas adotadas pela Prefeitura de Lauro de Freitas para evitar a proliferação da Covid-19. O registro consta no boletim da Operação Restrição de Circulação, divulgado nesta segunda-feira (12), e aponta uma redução expressiva no número de ocorrências.

Na fiscalização diurna de sábado (10), um estabelecimento foi notificado por comercializar bebidas alcoólicas fora do horário permitido e outro por atendimento presencial em horário inadequado. No mesmo dia, o Atakadão também foi notificado por vender bebida alcoólica. Na ação realizada no domingo (11) foram vistoriados mais de 50 estabelecimentos e 18 ambulantes foram abordados. O decreto prevê que durante o final de semana bares e restaurantes funcionem até às 19h30.

No monitoramento realizado pela força-tarefa da gestão municipal também foram registradas mais de 560 abordagens a pessoas; duas abordagens veicular; 41 fiscalizações de poluição sonora e mais de 30 estabelecimentos vistoriados. Nas ruas desde a última segunda-feira (05), a operação já fiscalizou 90 estabelecimentos, com três notificações e 52 orientações a estabelecimentos, incluindo Casas Lotéricas e agências bancárias.

A ação conta com a assistência da Guarda Municipal, que também contribui com as rondas preventivas, patrimoniais, apoio na vacinação nos drives e visitas para vacinação de acamados. O titular da Secretaria Municipal De Segurança Pública (SMSP), José Pires, destacou a continuidade do serviço como ferramenta importante para a redução de números de notificações.

“O baixo registro mostra que a população tem conhecimento sobre a gravidade do problema e quer contribuir com as atividades. Fazemos votos de que continuem assim, mesmo sabendo que ainda existe uma parcela da população que descumpre e resiste às medidas, como é percebido em alguns bairros mais distantes do Centro e em condomínios, onde jovens ainda insistem em fazer reuniões”, disse o secretário.
O número reduzido de solicitações e poucas intervenções são atribuídos à conscientização da população. Otimista, o superintendente de trânsito Smith Neto avalia os resultados de forma positiva. “Percebemos que as pessoas começaram a entender a importância dos decretos e estão colaborando com as medidas. Por exemplo, no final de semana tivemos redução de 95% no número de frequentadores das praias, sabemos que o tempo também não colaborou, mas diz respeito também à conscientização das pessoas”, disse.

A fiscalização é composta por representantes das Secretarias de Desenvolvimento Urbano e Uso do Solo (SEDUR); Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos (SEMARH), Segurança Pública (SMSP), com atuação da Guarda Municipal, e Saúde (SESA), contando ainda com o PROCON Municipal e o apoio das Polícias Civil e Militar.

Qualquer cidadão pode contribuir com a fiscalização ao identificar aglomerações ou descumprimento das medidas para evitar a proliferação do novo coronavírus, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel e distanciamento mínimo. Para denunciar basta entrar em contato através do número 156 da Central Integrada de Mobilidade Urbana (CIMU), que funciona 24 horas. A identidade do denunciante sempre é mantida em sigilo.

 

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde