dezembro 07, 2021

970×90

Em novas fases da operação, PF e Ministério Público omitem o nome ‘Lava Jato’

Em novas fases da operação, PF e Ministério Público omitem o nome ‘Lava Jato’

As autoridades do Paraná deflagaram na última semana, pela primeira vez em mais de sete anos, mandados de busca e apreensão ligados ao esquema de corrupção na Petrobras, porém, de acordo com o Jornal Folha de São Paulo, evitaram chamar de “fase” ou de “Lava Jato”.

Em nota divulgada à imprensa, a Polícia Federal afirma que a operação deflagrada na quinta-feira (21/10) se chama Operação Laissez Faire, Laissez Passer e foram cumpridos “em Niterói/RJ dois mandados de busca e apreensão expedidos pela 13ª Vara da Justiça Federal em Curitiba/PR no bojo do complexo de investigações que apuram crimes contra a Petrobras.”

Segundo publicação da Folha, porém, os documentos da operação mencionam claramente que a Laissez Faire, Laissez Passer é a “OP. LJ. 82”, ou seja, a 82ª fase da Operação Lava Jato. Já os documentos do Ministério Público Federal apontaram que quem trabalhava naquele caso era o “grupo de trabalho da Lava Jato”.

A Procuradoria no Paraná atribui a nova nomenclatura a critérios de ligação com o núcleo originalmente alvo da operação – diferenciação que não existia anteriormente.

Compartilhe
abaixo de Saúde

Sobre o autor

posts relacionados

abaixo de Saúde